28 de agosto de 2018

LIVRO - SÓ O AMOR CONSEGUE - ZÍBIA GASPARETTO

LIVRO - SÓ O AMOR CONSEGUE - ZÍBIA GASPARETTO

O amor incondicional é a maior força do universo. Por mais difícil que seja uma situação, o amor sempre resolve. Essa é a maior conquista do espírito, um aliado fundamental para o progresso em todas as áreas da vida. Uns mais, outros menos, todos nós estamos desenvolvendo nossa forma de amar. 


Margarida com suas marcas da orfandade; a esposa ciumenta sob a influência de um espírito do passado; a mulher traída que não soube perdoar; o marido arrependido tentando reconquistar a dignidade...Todos queriam curar dores e seguir adiante. Só quando o amor brotou em suas almas, rompeu as barreiras do convencional e assumiu sua força, foi que tudo começou a mudar e, por fim,cada um encontrou o próprio caminho. Essa vitória, Só o amor consegue.


SOBRE A HISTÓRIA:


Posso dizer que este é um livro um pouco diferente do que eu estava habituada a ler da autora. Estava imaginando um livro mais complexo, com uma história específica sobre determinados personagens, mas não. O livro traz alguns personagens que se relacionam de forma direta e cada um tem uma história para ser contada.

Eu me arrisco a dizer também que esse é o livro mais enfático da autora quanto aos ensinamentos do espiritismo, pois o tema está bem evidente na história. Os demais livros que já li dela possuem forte presença do tema, mas este é o mais evidente.

Fernando e Dora eram casados, mas Dora não engravidava, então ela fez uma promessa de adotar uma criança em agradecimento pela graça alcançada. Quando Luiza nasceu, o casal adotou Margarida, que havia ficado órfã e por um tempo teve que viver em um orfanato.

Júlia e Emíliano eram casados e tinham uma única filha, Olívia. Uma garota fútil e vazia. Os dois eram amigos de Dora e Fernando, além de padrinhos de Luiza.

Na fase adulta Margarida se mantém bem unida à irmã Luiza. Dora continuou sendo uma pessoa vazia e muito ciumenta. O ciúmes dela era tanto que chegava a competir imaturamente com as filhas pela atenção do marido.

Emiliano e Júlia acolheram em sua casa Ernesto, filho de um amigo de Emiliano que vivia no Rio de Janeiro e que veio para São Paulo para trabalhar. Assim que conheceu Margarida ambos sentiram que havia algo mais forte que os unia.

Em meio as turbulências que cada personagem enfrenta a vida vai moldando cada um e ensinando a cada um enxergar suas qualidades, refazer seus defeitos e perdoar os erros alheios, com amor, com paciência e com fé.

Apesar de ser um bom ensinamento, ser um livro mais calmo e de purificação, não me cativou tanto assim então, minha nota é três. Faltou um pouco mais de emoção nas partes de drama e um desfecho melhor.

ATENÇÃO: Cuidado com as edições "Pocket" que são vendidas. Eu particularmente detesto versão pocket porque acho muito desconfortável de ler. As letras são pequenas e o livro é minúsculo. Tem quem goste ou não se importe!

13 de agosto de 2018

LIVRO - ESMERALDA - ZÍBIA GASPARETTO

LIVRO - ESMERALDA - ZÍBIA GASPARETTO

Romance espírita ditado por Lucius. A vaidade tem um preço que o orgulho sempre paga. Foi em Valença, na Espanha, que a cigana Esmeralda encontrou o amor que arrastou consigo pela vida afora, um amor predestinado.



NOTA SOBRE O LIVRO:
Este livro é fantástico, como todos os outros que já li desta autora. 

A história se passa na Espanha durante o século XIX e mostra a diversidade de culturas. De um lado o povo cigano e suas tradições e do outro, a nobreza, suas tradições e preconceitos. Recheado de intrigas, interesses e decepções, traições, ódio e arrependimentos...

Dom Carlos era um jovem rico que adorava festas, por isso, ele sempre dava um jeito de escapar das paredes do castelo onde vivia sob o domínio de seu pai, Dom Fernando, para se divertir no meio do povo. Foi em uma dessas escapadas que Carlos conheceu a cigana Esmeralda. 

Esmeralda era uma linda cigana. Órfã de pai e mãe e que foi criada por seu povo com todos os mimos. Linda e muito sensual, despertava o desejo e a paixão de todos os homens, mas ela não queria se prender em ninguém, pois prezava sua liberdade e só fazia o que tinha vontade, se contrariada virava uma fera. Era orgulhosa, voluntariosa, geniosa e consciente de sua beleza e sensualidade.

Carlos ficou fascinado com a dança e com os mistérios que Esmeralda esbanjava. Após a primeira noite juntos, Carlos decidiu seguir Esmeralda com seu povo até Madrid. Voltou para casa a fim de pegar alguns pertences, mas ao retornar para o acampamento foi recebido com indiferença por Esmerada. Irritado, ele resolveu ir embora, mas foi assaltado e ferido no caminho. Deixado a própria sorte, Carlos acabou sendo encontrado pelos ciganos e Esmeralda se dedicou a cuidar dele. Carlos se recuperou dos ferimentos e passou a viver com Esmeralda em sua carroça.

Após meses longe de casa e no convívio com os ciganos, Carlos sentia-se inquieto e com saudades de casa e após inúmeras discussões com Esmeralda sobre sua partida, resolveu partir com a promessa de que regressaria. Ao chegar em casa Carlos encontrou sua mãe Encarnação aflita e grata pelo regresso do filho e o pai decidido a fazer do seu único filho um homem que dominasse os negócios.

Na história teremos personagens marcantes como Miro (amigo de Esmeralda), Sergei (o chefe dos ciganos), o padre Gervásio, Leonor (tia de Carlos) e Fabrício (o marido), Dom Hernandes (pai de D. Maria com quem os pais de Carlos desejavam que ele se casasse), Tânia ( a cigana que era mãe de Esmeralda). Dentre eles podemos destacar os que são bons, os que são maus (no sentido de sentirem raiva, inveja, ódio e desejo de vingança) e os neutros. Os neutros são aqueles que apenas complementam a história e fazem parte do pano de fundo, mas é bom prestar atenção a todos, pois em algum momento eles servirão de elo entre uma situação e outra. Alberto (sobrinho de Dom Hernandes e amigo de Carlos) era apaixonado por Maria (a escolhida para se casar com Carlos).

Esmeralda e os ciganos estavam de volta à Valença, mas em uma noite qualquer, o castelo onde Carlos vivia foi invadido e Carlos teve que deixá-la para lutar pela preservação dos bens da família. Nessa luta Carlos foi gravemente ferido, mas a presença de Esmeralda trouxe-o de volta a vida (assim como no primeiro ferimento), mas a presença da cigana não era bem vista pela família. Logo em seguida Dom Hernandes chegou com mulher e filha ao castelo para passaram uma temporada e Carlos (ainda abatido com a partida de Esmeralda e os ferimentos) passou a conviver com Dona Maria e gostar de sua companhia.

Miro sabia que em algum momento Carlos teria que fazer uma escolha na vida entre duas mulheres. Esmeralda estava inconformada de imaginar que não seria a escolhida, afinal, seu orgulho a fazia pensar que era irresistível e é daí para frente que Esmeralda se torna uma mulher amarga, rancorosa e cheia de amarguras. Assim como Alberto, só pensava em vingança, capaz até se desprezar a criança que carregava em seu ventre. Miro sempre aconselhou Esmeralda, mas esta tomada pelo despeito não queria ouvir.

Diversas situações faz com que Carlos, Esmeralda e Alberto estejam sempre se relacionando até que seus comprometimentos nesta vida sejam cumpridos. Alberto nunca esqueceu Maria. Não acredito em amor, mas sim em sentimento de posse, inveja, obsessão. Esmeralda também não amava Carlos verdadeiramente, pois uma linha muito tênue faz com que ela odiasse na mesma intensidade. Carlos, por sua vez também não me convenceu com seu amor Esmeralda, assim como seu amor por Maria. Ele nutria adoração e desejo pela cigana e gratidão por Maria. A única personagem que ama no verdadeiro sentido da palavra é Maria, que foi capaz de perdoar todos os erros do marido. Esta sim era um espírito evoluído que veio para colocar os demais personagens em seus caminhos.

Mesmo este sendo um resumão sobre o livro, leia, pois tem muita coisa que acontece que torna essa história cativante e com gosto de quero mais. Se tem um livro da Zibia que merecia uma continuidade, certamente é este livro. Adoro e a releitura valeu muito a pena, pois pude relembrar muita coisa que não lembrava mais da história. 

28 de julho de 2018

SÉRIE - IRMANDADE DA ADAGA NEGRA - AMANTE VINGADO - #07 - J. R. WARD

SÉRIE - IRMANDADE DA ADAGA NEGRA - AMANTE VINGADO - LIVRO 07 - J. R. WARD

Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por guerreiros vampiros defensores de sua raça. Enquanto eles defendem seu clã dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova - e sua perigosa natureza será revelada... 



Rehvenge sempre manteve distância da Irmandade, pois guarda um letal segredo que poderia fazer dele uma arma na guerra contra os redutores. E enquanto as conspirações dentro e fora da Irmandade ameaçam revelar a verdade sobre o ele, Rehv se aproximará da única luz que clareia seu mundo de escuridão e jogos de poder, Ehlena, uma vampira que nunca conheceu a corrupção e traição... é a única que pode salvá-lo da destruição eterna.





NOTA SOBRE O LIVRO: 

Amante Vingado é o sétimo livro da série e também o livro com muita expectativa da minha parte. As justificativas (mais) plausíveis e convincentes sobre Rehvenge são os pontos principais desta atração, pois desde seu aparecimento na história fiquei bem curiosa para conhecer a fundo sua personalidade.

Quem é Rehvenge?
R: Ele é um mestiço... meio vampiro e meio symphato. Ele é um traficante de drogas e cafetão, temido e muito poderoso! Ele é chantageado, mas não se eixa dominar por sua chantagista. É também o Líder do Conselho dos Príncipes, mas poucas pessoas conhecem sua verdadeira identidade, por isso, ele usa doses cavalares de dopamina para controlar seu lado symphato, (e o excesso está prejudicando sua saúde). Ele tem olhos incríveis e suas roupas são impecáveis! Um vampiro de lindos olhos com quase 2 metros de altura que era o personagem mais improvável de se gostar.

Rehvenge tinha tudo para ser odiado desde o início, pois quando ele surgiu na história ele era odioso, entretanto eu não consegui sentir nenhuma aversão por ele. Ele teve atitudes controladoras com Bella (sua irmã) e sempre fez de tudo para proteger sua mãe, Madalina. Ao seu modo ele também protege Xhex (chefe de segurança de sua boate que é Sympatho como ele) além de ter uma boa relação com seus seguranças iAm e Trez (os Sombras).

O que é um Symphato?
É uma subespécie de vampiro que tem por característica a manipulação das emoções das outras pessoas. Um tipo de poder de ler as mentes, controlá-las e influenciá-las. Eles não são bem vindos pelos vampiros e por isso se escondem, pois os que são descobertos são deportados e isolados em um tipo de colônia, como se fossem reclusos ou prisioneiros.

Wrath e os irmãos sabem de sua origem, mas nunca o denunciaram, como seria o certo a se fazer e Bella não desconfia de nada sobre os "pecados" de seu irmão. Sua mãe, sempre soube das coisas que o filho fez, mas sempre fingiu não saber. Prestes a partir para o Fade, faz o filho prometer que tal segredo morrerá com ela e que sua irmã e sua neta (a filha de Bella com Zsadist) nunca saberão da verdade sobre o passado da família deles.

Foi em uma de suas idas à clinica do Dr. Havers que Rehv conheceu Ehlena. Óbvio que ele se interessou por ela, mas sua fama sempre afastou qualquer pessoa dele. Entretanto, com ela foi diferente. Um distanciamento e universos diferentes que os tornariam muito próximos. Ele se considera impróprio para ela devido toda bagagem de sua existência, sua condição de Sympatho, sua relação com a Princesa, seus negócios com o universo das drogas e da prostituição.

Ehlena é enfermeira na clínica de Havers. Ela vive com seu pai (que tem problemas de saúde) e sua mãe faleceu. Eles já fizeram parte da alta sociedade dos vampiros, porém, (por um motivo que será revelado) perderam tudo. A vida de Ehlena se resumia (até conhecer o vampiro) a se dedicar ao cuidado do pai e ao seu trabalho, no entanto, o que é bom acaba sendo um certo problema.

Isso é tudo?
Obviamente que não, então, se você não gosta de spoiler, apenas pare a leitura por aqui e leia o livro para navegar pelo universo do Reverendo (como Rehv é conhecido).

O verdadeiro pai de Revh era um sympatho e sua mãe era uma Escolhida. Madalina sofreu bastante nas mãos do pai de Revh e depois com seu padrasto, (o pai de Bella). O homem era violento e abusivo e Revh se cansou de ver como o infeliz tratava sua mãe e sua irmã, por isso ele matou o padrasto, mas antes de morrer, o desgraçado confessou a uma pessoa sobre quem tinha sido seu assassino. Este segredo ficou guardado por muitos anos, pelo descobridor e por seu filho, por puro interesse. Agora o segredo de Rehv está por um triz.

A Princesa é meia irmã de Rehv e ela o chantageia há pelo menos 25 anos e uma vez por mês eles se encontram para que ela receba seus #duzentosecinquentamildolares em rubis e para compartilharem de um sexo venenoso. Rehv a odeia, ela sabe disso, mas se aproveita da situação. Essa situação envolve Xhex (por isso também estou curiosa para saber mais sobre ela). A Princesa é casada com o tio de Rehv, que é o rei da colônia dos symphatos, mas ela ama Rehv e a única forma de tê-lo é através da chantagem. A raça de sympathos é quase extinta então, eles acabam se relacionando sexualmente para manter a espécie e isso não é considerado incesto.

OBS: Custei a entender, como ele sendo impotente (devido ao excesso de uso de dopamina) conseguia transar com a Princesa? Eu perdi alguma explicação? Se alguém que já leu puder me explicar, eu agradeço!

E o núcleo dos Redutores?
Lash continua sendo um sujeito insuportável, prepotente e arrogante. Ele sempre se achou superior a Quynn, mas na verdade ele não é nada, pois ele não tem sangue nobre, ao contrário, ele é um Redutor (como seu pai Ômega). A ele restou apenas se unir aos Redutores e agora tentar se unir aos Sympathos com o objetivo de vencer a guerra contra os Irmãos. Em resumo, Lash é um babaca e invejoso. Ser filho de Ômega é algo que infla seu ego.

Foi durante a invasão dos irmãos à colônia para resgatar Revh que eles descobriram que Lash estava junto aos Redutores, mas eles ainda não sabem que Lash é filho de Ômega. John está com ganas de pegar Lash, já que o infeliz sequestrou a fêmea por quem John é apaixonado.

Rehv se tornou o Rei dos Sympathos, mas se mostrou ser um macho de valor. Ehlena, assim como Beth, saberá como conduzir seu homem.

Neste livro Wrath também está bem presente e temos bastante da sua participação, deixando pontos para serem tratados nos próximos livros.

Gostou?
Deixe seu comentário!

Boa leitura!

22 de julho de 2018

LIVRO - QUANDO CHEGA A HORA - ZÍBIA GASPARETTO


QUANDO CHEGA A HORA - ZÍBIA GASPARETTO

Romance espírita, psicografado pelo espírito Lucius. Os herdeiros do coronel Firmino mudam-se para o seu antigo casarão, há muito abandonado e assombrado pelo espírito do antepassado. Nico, Eurico e Amelinha são as crianças cujas brincadeiras despertarão os segredos da casa.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Publicado em 2001, este é mais um excelente livro da autora que nos mostra como devemos enxergar a vida, encarar nossos desafios e refazer a vida diante de nossas frustrações. Ensina a acreditar que tudo acontece na hora certa mesmo e quando estivermos prontos. Não há mal que sempre dure e nem tudo é só tristezas...

Aquela mansão onde havia morrido o Coronel Firmino estava há muito tempo abandonada e era rodeada de histórias assombrosas. A mansão entrou em obras e Nico, que era um garoto de família muito humilde (e com muitos problemas, claro) foi contratado para ajudar a cuidar do jardim e logo teve acesso à área interna da mansão. Um garoto muito inteligente e perspicaz! Seu sonho era entrar naquela casa, pois ele dizia não ter medo do fantasma do Coronel Firmino.

Norberto e Eulália eram os herdeiros da mansão e estavam de mudanças para a mansão para tratar de uma doença desconhecida que o filho Eurico tinha. Enquanto Eurico era um garoto pálido e quase sem vida, Amelinha era espevitada e muito alegre.

Mário era o engenheiro responsável pela mansão e noivo de Liana, irmã de Eulália. Enquanto Eulália e os empregados se instalavam na mansão, Norberto e a cunhada Liana permaneceram em São Paulo (onde tiveram um caso).

A presença de Nico na mansão passou a fazer bem às crianças, principalmente ao Eurico e logo o garoto foi convidado para viver com a família na mansão. Era Nico quem notava a presença do Coronel Firmino na mansão.

Liana temia que sua irma descobrisse o caso dela com o cunhado, então, tudo que mais queria era se casar logo com Mario para poder ir embora daquela casa, porém, era o Coronel quem dominava Liana através do medo que ela sentia. Alberto, o professor contratado por Eulália para educar as crianças percebeu o que estava acontecendo com Liana e tratou logo de ajudar. Norberto e Eulália não acreditavam nessa história de espiritos, dominação e tudo mais, então, eles queriam levar Liana para se tratar em São Paulo. Fato é que Liana era a reencarnação do espirito da esposa do Coronel Firmino;

Eulália acabou de casando com Alberto para sumir da casa, então, o espirito do Coronel passou a influenciar Norberto, o que desencadeou toda a descoberta do caso deles. Por fim, Eulália e Norberto se acertaram e Liana e Alberto também. Todos partiram para São Paulo, inclusive Nico. Alguns anos depois, com as crianças já adultas, novas histórias se formaram. Nico comprou a mansão para ele, construiu um novo lar para sua mãe e se apaixonou por Amelinha. Liana e Norberto tiveram um filho, que era a reencarnação do Coronel Firmino.

Não adianta correr ou se esconder, pois quando chega a hora...

25 de junho de 2018

LIVRO - ONDE ESTÁ TERESA? - ZIBIA GASPARETTO

ONDE ESTÁ TERESA - ZÍBIA GASPARETTO

Por que Teresa, que saiu de casa para viajar pela Europa com uma amiga, nunca chegou lá? Seus filhos, marido e empregados se preocupam com o seu paradeiro e com o que teria acontecido a ela.


Um crime... Um homem e uma mulher assassinados... Um corpo sem identificação... Tráfico de drogas... Bandidos...

Policiais e investigadores do Rio de Janeiro e de São Paulo se movimentam para desvendar o misterioso crime.

Seria Teresa essa mulher? Uma história emocionante que fará você se perguntar: ONDE ESTÁ TERESA?


NOTA SOBRE O LIVRO:

Lançado em 2007, Onde está Teresa? é um livro intrigante, bem marcante e com um desenrolar que eu não esperava e por isso que ele entrou para o top 10 das minhas leituras neste gênero. Zíbia não costuma escrever suspenses, mas esta história segue uma linha bem interessante que se assemelha bem com uma boa investigação. O desenrolar faz você esquecer que está lendo um livro de filosofia espirita tamanho é o potencial da autora.

Marília era uma mulher boa e humilde e que era casada com Octávio, um homem muito bruto e esquisito. Juntos eles tinham um filho de apenas 5 anos. O casamento não era dos melhores, claro e um dia Marília recebeu um aviso anônimo contendo um endereço e orientações de como e quando ela poderia encontrar o marido e descobrir algo a seu respeito. No dia e horário marcado, Marília encontrou seu marido brutalmente assassinado ao lado de uma mulher desconhecida. A cena do crime sugeria que ambos eram amantes e o local ficava na periferia de São Paulo. 

Teresa era uma mulher centrada, de boa posição social, bem casada e mãe de dois filhos já adultos. Ela saiu de casa para uma viagem pela Europa saindo do Rio de Janeiro, onde vivia com sua família direto para um passeio. Sua família recebeu um chamado para comparecer em São Paulo para reconhecer o corpo de uma mulher assassinada que poderia ser Teresa. O marido e o filho mais velho reconheceram o corpo daquela mulher como sendo o de Teresa, mas o filho mais novo se recusou a aceitar que aquele corpo era o de sua mãe. No começo todos achavam que a rejeição do filho era apenas uma forma de conter a dor da perda, mas nem mesmo a empregada reconheceu aquele corpo como sendo o de Teresa.

Qual era a ligação de Teresa com Octávio (que não tinha perfil nenhum para ser amante de uma mulher como ela)? Se não era Teresa, quem era aquela mulher morta? Por que ela foi envolvida em um assassinato e mais, qual a relação entre os dois mortos? Teresa vivia no Rio de Janeiro. Quais assuntos ela poderia ter em São Paulo e ainda mais na periferia?

Uma leitura fácil, que flui muito bem e o desenrolar da história se dá de uma forma muito gostosa, pois ela não fica enrolando para revelar os fatos para o leitor. A revelação é surpreendente e eu fiquei de queixo caído.

Eu recomendo! Nota 10!


ONDE COMPRAR O LIVRO:

Saraiva - R$ 22,90 em 24/06/2018
Amazon - R$ 22,90 em 24/06/2018 (capa  comum)
Submarino - R$ 22,90 em 24/06/2018 (vendido e entregue pela Saraiva)
Americanas - R$ 22,90 em 24/06/2018 (vendido e entregue pela Saraiva)
Livraria Cultura - R$ 44,90 em 24/06/2018


Os preços anunciados são os preços consultados no dia da publicação deste post e estão sujeitos a alterações em cada vendedor, porém, não deixe de utilizar o cupom de desconto do CUPOMVALIDO, pois como já foi dito em outras postagens aqui, o desconto é mesmo válido e é possível economizar sim! Clique aqui, escolha seu lojista preferido, retire seu cupom e faça o uso dele no seu carrinho de compras.

24 de junho de 2018

LIVRO - LAÇOS ETERNOS - ZÍBIA GASPARETTO

LAÇOS ETERNOS - ZÍBIA GASPARETTO

O amor une. O ódio também. Ligações de ódio são passageiras. As do amor eternas. A vida usa a reencarnação. Aproxima as pessoas. Abre-nos a compreensão para outras parcelas da verdade. Desenvolve nossos sentimentos. Ilumina nossa inteligência. Facilita-nos a conquista da paz. As almas amadurecem, conseguem perceber que existe só amor. Força motriz da vida surgindo do todo. Em laços indestrutíveis pela eternidade.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Independente de qual seja sua religião e a minha, o romance trás uma história muito bonita mostrando como os seres humanos precisam realmente de evolução.

Eu sou católica (não praticante) e acredito - de alguma forma - em reencarnação. Minha mãe não acredita nada em reencarnação, afinal, ela é católica tradicional, mas, ela gosta muito de ler essas histórias pela trama, por isso que eu digo, independente de qual seja sua crença, leia e descubra se você gosta ou não.

Vejo muitas pessoas comentando que as histórias são muito repetitivas, que é clichê, que é sempre o homem muito lindo e muito rico, que a mocinha é sempre sonsa e sortuda, então, se você quer fazer uma purificação literária, que tal começar mudando de cenários?

Nina era uma garotinha de apenas 12 anos que vivia em uma casa muito pobre junto com seus irmãos. Ela era muito dedicada aos irmãos e se preocupada muito com eles a ponto de se anular e passar fome para que eles pudessem se alimentar. Certo dia Nina adoece e desencarna, mas ao chegar no plano espiritual ela implora para voltar e assim poder cuidar de seus irmãos. O que não é permitido, afinal, ela já havia cumprido sua missão. Os amigos de luz a fazem relembrar fatos de sua última encarnação e a medida em que ela começa a recordar, ela já não é mais aquela garotinha magrela e paupérrima, mas sim, a filha de um conde francês. Sua mãe, a condessa, era uma linda mulher, mas não valia nada e por esse motivo as damas da corte em que viviam simplesmente a odiavam. Quando a baronesa descobriu o caso da condessa com o barão, atacou a condessa e se matou em seguida.

Desgraça pouca é bobagem? Claro que é!
Como o barão ficou viúvo, ele se casou com a filha da condessa, que fingiu aceitar o casamento, afinal, o barão era seu amante! O problema é que o barão se apaixonou pela esposa e não era sua intenção manter o romance com a condessa, que não aceitou ser desprezada e em sua vingança provocou uma tragédia.

Todos os envolvidos nessa trágica história estão de volta, agora em uma fazenda no interior do Brasil. Hora de acertar as contas (podemos assim dizer) e resgatar os erros do passado. Nina, o barão e a condessa estão juntos novamente em uma nova encarnação. Segundo a filosofia, o amor e o ódio une as pessoas de alguma forma e neste livro, a mensagem é que a reencarnação é um recurso para que os espíritos (encarnados) se reaproximem para que juntos possam resgatar o que havia falido anteriormente. 

Nota 10! Eu recomendo!


ATENÇÃO:

Este livro possui duas capas. Esta que está anunciada é a capa nova de comemoração de 40 anos. Eu queria ter comprado a versão original, porém, creio que a edição é esgotada, pois não achei para comprar.

É comum que algumas editoras lancem livros na versão pocket (aqueles livros menores de letras minúsculas) para tornarem a edição mais barata. Quando é pocket, vem escrito na capa, então, esteja sempre atento se você detesta essa versão como eu!


ONDE COMPRAR O LIVRO:

Os livros da Zíbia não costumam ser muito baratos, mas são livros excelentes e vale cada centavo, então, como o momento é de economia total, abaixo vou apresentar os preços que eu pesquisei na data de hoje, mas não se esqueçam de utilizar o CUPOMVALIDO para comprar seus produtos, pois com ele você realmente vai economizar. Clique aqui, acesse o CUPOMVALIDO, retire seu cupom e faça suas compras.

Saraiva - R$ 17,90 em 24/06/2018
Submarino - R$ 17,90 em 24/06/2018 (vendido e entregue pela Saraiva)
Amazon - R$ 17,90 em 24/06/2018 (capa comum)
Livraria Cultura - R$ 43,60 em 24/06/2018

Neste caso eu recomendo a compra diretamente pela Saraiva, pois preço por preço nas três primeiras estão iguais, sem contar que na Saraiva ainda é possível ganhar 10% de desconto com o cupom de desconto acima citado, e mais, o Submarino está vendendo para a Saraiva.

Se você não leu a matéria sobre a utilização do CUPOMVALIDO, clique aqui e fique por dentro de como conseguir os descontos mencionados.

19 de junho de 2018

CUPOM DE DESCONTOS? PODE ISSO, PRODUÇÃO?

CUPOM DE DESCONTOS? PODE ISSO, PRODUÇÃO?
PODE E DEVE!




Este site da Cupom Válido é um site que reúne cupons de desconto das mais variadas lojas online e te ajuda a comprar os produtos destas lojas com preços mais em conta.

Qual é a proposta do site?
A proposta é economizar na hora das compras, então, vamos ao teste.

Escolhi um livro que desejo comprar no site da Saraiva (COMO EXEMPLO), porém, antes de comprar eu sempre faço uma comparação de preço em pelo menos 3 ou 4 sites para verificar onde está mais barato, diferenças de frete, prazo de entrega e confiança, lógico, de onde eu estive mais satisfeita em compras anteriores.





O livro "Senhorita Aurora" está anunciado na data de hoje por R$ 34,90.


Como fazer a compra?

2) escolha a loja na qual você deseja comprar e clique sobre o logotipo da loja
3) escolha o cupom para gerar o código
4) no site da loja coloque os produtos desejados no carrinho


Esse é o código modelo para você copiar e colar no site de compras.

5) insira o número do código do cupom e clique em aplicar.









Perceba que ao aplicar o cupom de desconto, no carrinho já aparecerá com o desconto recebido e você poderá dar andamento em sua compra.

Esse teste apresentado foi feito com o cupom de desconto referente ao tipo de produto a ser adquirido e realmente funciona!









Você também pode cadastrar seu e-mail para que receba as novidades dos cupons (atualizações das lojas) ou se preferir, pode pesquisar os cupons antes das compras conforme o teste realizado acima. Para quem está sempre comprando alguma coisa pela internet, é muito interessante ter um cupom de desconto, afinal, qualquer que seja o valor, é bem vindo!

Aprovado!

Os membros do grupo do blog no Facebook e os seguidores da Página do Blog no Facebook também receberão essa apresentação para conhecimento.

Você também pode seguir o site Cupom Válido no Facebook. Clique aqui e seja um seguidor!

Boa tarde!


4 de junho de 2018

SÉRIE - THE CROWN - (ORIGINAL NETFLIX) - 2ª TEMPORADA

SÉRIE - THE CROWN - (ORIGINAL NETFLIX) - 2ª TEMPORADA

The Crown acompanha a história da rainha Elizabeth II e dos primeiros-ministros que, juntos, deram forma à Grã-Bretanha depois da Segunda Guerra Mundial. A série narra as histórias internas dos dois famosos endereços do mundo: o palácio de Buckingham e 10 Downing Street, incluindo as intrigas, romances e esquemas por trás dos eventos que moldaram a segunda metade do século 20.


NOTA SOBRE A SÉRIE:

A segunda temporada de The Crown continua com a biografia da Rainha Elizabeth II com o período de governo entre 1956 e 1963, que vem recheado de escândalos políticos e pessoais. O maior assombro da Rainha são as supostas infidelidades de seu marido e o confronto de ambos provocada por uma viagem que duraria 5 meses e a retomada do Canal de Suez pelos egípcios. O que fica evidente é que não formam um casal padrão. Para ele é muito difícil aceitar que é ela quem manda e desmanda em tudo, em todos e para ela, não há outra alternativa. Ela sabe e admite que não estão bem, que algo precisa ser feito, mas que divórcio está fora de cogitação.

As coisas ficam mais complicadas e escandalosas quando a esposa do assistente pessoal de Philip decide se divorciar alegando abandono de lar e adultério. O escândalo atinge diretamente a Rainha e seu marido justamente porque o assistente está em um navio na mesma viagem que Philip. Poderia ser apenas especulação se não fosse uma carta enviada pelo assistente ao clube onde ele e Philip faziam parte. Elizabeth fica sabendo e as coisas estremecem. E não pára por aí, porque parece que a cada problema que se supera, surge um novo... seja no âmbito político, seja no âmbito pessoal e Elizabeth segue com sua postura.

Durante a viagem Philip participa da abertura dos jogos olímpicos de 1956 e concorda em conceder uma entrevista a uma charmosa repórter que o confronta sobre seu passado (um passado que ainda não foi tratado na série) que envolve seus pais e suas irmãs. A volta de Phillip é marcada com um acordo com a rainha e com sua nomeação como Príncipe. Enquanto isso, Margareth, a irmã da rainha segue cada vez mais deprimida e perdida. Chega cansar como ela é "vitima" da má sorte e dos relacionamentos fracassados, da bebedeira e do abuso do cigarro.

O palácio de Buckingham recebe a visita dos Kennedy e mostra uma disputa feminina já que Elizabeth está acostumada a lidar sempre com o público masculino. Não gostei da relação que elas tiveram. Senti que Jackie Kennedy foi invejosa e que seu casamento não era tão perfeito assim.

Gostei bastante dessa segunda temporada, principalmente por apresentar temas políticos, conspirações, armações, em uma dosagem equilibrada com os problemas familiares, a educação dos filhos, a família, os parentes e o desgaste da relação.

Torcendo para que a nova temporada venha logo! No meu conceito a nota é 05 estrelas.

SÉRIE - THE ALIENIST (O ALIENISTA) - 1ª TEMPORADA

SÉRIE - THE ALIENIST (O ALIENISTA) - 1º TEMPORADA

Baseada no best-seller de Caleb Carr, The Alienist é um thriller psicológico que está ambientado na cidade de Nova York nos Estados Unidos no ano de 1896, em um período de grandes riquezas, grandes pobrezas e a inovação da tecnologia. No momento em que uma série de terríveis assassinatos de vários garotos prostitutos assombra toda a cidade, o mais novo nomeado Comissario da policia local chamado Theodore Roosevelt se encarrega de chamar o psicólogo criminal Dr. Laszlo Kreizler e também o jornalista/ilustrador John Moore para juntos conduzirem toda a investigação em total sigilo e tentar resolver o mais rápido possível tais crimes. 


NOTA SOBRE A SÉRIE:

"No século XIX, acreditava-se que pessoas que sofriam de doenças mentais estavam alienadas de sua verdadeira natureza. Especialistas que as estudavam eram conhecidos como alienistas." Com base nessa abertura da série damos início aos 10 capítulos desta primeira temporada.


Esta nova série da Netflix é baseada no romance policial de Caleb Car publicado em 1994. O Alienista trás Daniel Brühl, Dakona Fanning e Luke Evans como os personagens principais. A série retrata uma caçada a um Serial Killer dos anos 1890 (século XIX) em Nova York.

Um assassino está matando meninos pobres que se prostituem (sim, meninos) nas ruas e nos bordéis de Nova York, porém, não são mortes comuns. O que chama a atenção é a forma como esses crimes ocorrem, pois o assassino mutila os corpos, arranca os olhos e as partes íntimas dos meninos.

O "Alienista" Laszlo Keizler, (o médico das doenças mentais), deseja descobrir a lógica de tais crimes juntamente com Sarah Howard (a primeira mulher a trabalhar na polícia) e o ilustrador do the New York Times Jonh Moore (um tipo de fotógrafo).

A polícia é liderada por Theodore Roosevelt (o que se tornou o presidente dos Estados Unidos mais tarde), que aposta suas fichas nas investigações do médico e de seus amigos porém, Thomas Byrnes é um corrupto e adepto na proteção de membros do alto escalão da sociedade por interesses pessoais. O trio contraria a "falta de vontade" e "empenho" da polícia em desvendar estes crimes. 

O assassino segue alguns padrões, datas, eventos e alvos. Ele é realmente muito violento e as investigações levam ao entendimento de "suas razões". É como um jogo de quebra-cabeças. Quanto mais eles investigam, mais perto do assassino eles chegam, embora, chegam com certo atraso, pois novas vitimas estão surgindo. O Serial Killer parece estar sempre um passo à frente dos investigadores.

O final não foi tão surpreendente, mas foi até que dentro do imaginado.

[SPOILER]

O assassino finalmente foi encontrado, mas o motivo de seus crimes não foi desvendado. O médico acreditava que encontraria alguma anomalia física em seu cérebro, mas nada foi achado.

No meu conceito, merece nota 3. Uma boa série, mas que eu achei meio confusa, talvez até por ser um triller mais psicológico do que um romance policial, ainda mais porque certamente deverá haver continuação, com outros temas, outros caminhos... 

3 de junho de 2018

FILME - A BARRACA DO BEIJO

FILME - A BARRACA DO BEIJO

Ellie se encontra em um romance proibido depois do seu primeiro beijo com o menino mais bonito da escola. Esse segredo coloca sua relação com seu maior amigo em risco.


NOTA SOBRE O FILME:

Este filme "A Barraca do Beijo" é uma produção da Netflix estreado em maio de 2018 e está fazendo bastante sucesso. Não é nenhuma produção cinematográfica de outro mundo e o tema do filme é bem clichê (como todo mundo gosta de dizer), mas é uma arte que faz o expectador relaxar e curtir (aqueles que gostam do gênero, claro). Uma comédia romântica adolescente que traz Elle e os irmãos Flynn como protagonistas.

A mãe de Elle e a mãe de Lee eram amigas e deram a luz no mesmo dia. Obviamente Elle e Lee se tornaram grandes amigos, inseparáveis e bem divertidos. Para a maizade funcionar, do modo deles, criaram algumas regras e dentre elas, Elle não poderia se apaixonar pelo irmão (mais velho) de Lee. Seria uma regra comum se Elle não fosse desde sempre apaixonada por ele. Noah Flynn, o Bad Boy mais disputado e mais galinha que ela conhecia.

Elle é uma garota boa e inocente, porém, uma menina muito divertida e geniosa. Ela acab a enfrentando Noah em alguns momentos, pois ele meio que blinda a garota dos demais rapazes do colégio - para protegê-la - e está sempre se envolvendo em confusões. Para a organização de uma festa, Lee e Elle acabam inventando a barraca do beijo, porém, a atração principal seria Noah, afinal, por sua popularidade, as demais garotas formam filas para beijá-lo enquanto Elle fica em apuros porque ele não aceitou participar.

Os demais acontecimentos giram em torno do relacionamento que Noah e Elle desenvolvem até que Lee descobre que os dois estavam namorando e a relação dos amigos fica completamente estremecida. Elle precisa optar entre o amigo e o namorado.

Fofinho e gostoso de assistir, além de garantir algumas risadas. Para mim foi nota 5 sim e há rumores de que possa haver uma continuação... Quem sabe, não é mesmo? Vamos aguardar e quem quiser, basta curtir lá no Netflix.

1 de junho de 2018

SÉRIE - SAFE

SÉRIE - SAFE

Tom (Michael C. Hall) é um cirurgião pediátrico que cuida sozinho de suas filhas, Jenny e Carrie, após sua esposa vir a falecer. No entanto, sua vida muda drasticamente quando uma delas desaparece a caminho de uma festa. Agora, esse pai desesperado inicia uma investigação para descobrir o paradeiro da menina, fazendo com que segredos de pessoas próximas comecem a ser revelados.


NOTA SOBRE A SÉRIE:

Safe é uma série criada pelo escritor Harlan Coben. Quem já leu seus livros sabe que ele é o mestre em criar finais que te deixam de queixo caído e não duvide quando eu digo que esta série deixará você assim.

Todo mundo tem direito a ter segredos... mas neste condomínio, segredos estão prestes a serem revelados! Tais revelações podem destruir vidas, sonhos, planos e principalmente, o caráter de alguns personagens.

O médico ficou viúvo e uma de suas filhas anda um tanto quanto "rebelde". Ele está tendo um caso com Sophie, uma investigadora da polícia e a filha não está muito satisfeita. Um dia, do nada, ela e o namorado, Chris somem... o namorado foi morto, mas ela está desaparecida! O que aconteceu com Jenny?

Quando você começa a imaginar que determinado personagem está diretamente ligado ao desaparecimento, novos fatos surgem e mudam totalmente o rumo da história, mas o médico não desiste da investigação. O assassinato de Chris também é algo surpreendente.

A série é composta de oito capítulos e quando você começa não consegue parar até chegar ao final. O que parece ser confuso de desnecessário faz todo sentido no final, por isso, esteja atento(a) a todos os detalhes.

No meu conceito a nota é 5 estrelas e a Netflix está de parabéns!
Corre para lá e assista agora mesmo para descobrir o que há por trás daqueles portões...

31 de maio de 2018

SÉRIE - 13 REASONS WHY - 2º TEMPORADA

13 REASONS WHY - SEGUNDA TEMPORADA

A segunda temporada começa depois da morte de Hannah e do início das complicadas jornadas dos personagens em direção à cura e à recuperação. Liberty High se prepara para ir a julgamento, mas alguém não vai parar em nada para manter a verdade em torno da morte de Hannah escondida.


NOTA SOBRE A TEMPORADA:

13 Reasons Why é sem sombra de dúvidas uma das séries que mais gerou polêmicas no ano passado (2017, ano de sua estréia) justamente por abordar o impacto que o bulling causa da vida de alguns jovens, além de temas como estupro, homossexualismo, suicídio, depressão, drogas, bebidas e até mesmo a impunidade. 

Em novos 13 capítulos desta SEGUNDA TEMPORADA temos algumas revelações. 

Quando Hannah deixou as fitas, ela contou a história do seu ponto de vista, mas agora, os personagens envolvidos são chamados para depor em uma ação movida pela mãe de Hannah contra o colégio Liberty e é durante os depoimentos que estes personagens vão trazendo mais dados sobre a relação que tiveram com Hannah. 

Confesso que de certa forma eu considero o colégio culpado em partes, pois fica evidente que eles se omitiram (e se omitem ainda) com certas agressões que são causadas dentro das dependências do colégio, mas há realmente vários fatores que mexeram com Hannah. Eu me coloco no lugar da mãe de Hannah ouvindo tudo aquilo que era dito sobre sua filha. Coisas que eram distorcidas (talvez) e verdades que com certeza doeram muito, mas acho que o que a série quis mostrar é que nem todos são tão culpados ou tão inocentes, justamente para fortalecer a polêmica da série. 

Os depoimentos trazem também um pouco mais da personalidade de cada personagem. É através deles mesmos que passamos a conhecê-los um pouco melhor e ter um julgamento individual. Alguns conseguimos até a aprender a gostar enquanto que outros só conseguem fazer com que a raiva aumente, como é o caso de Brice, acusado de estupro, mas que por ser rico, praticamente saiu impune.

Como eu sempre digo que temas polêmicos geram mais polêmicas, a segunda temporada volta a mexer com isso, pois há uma grande oscilação de sentimentos no expectador como angústia, raiva, medo, decepção, revolta, desprezo e compaixão e o final da temporada consegue juntar todos esses sentimentos novamente nas cenas finais, mas o meu maior sentimento foi o de revolta mesmo, porque eu senti que a impunidade prevaleceu.

Há muitas cenas de violência, cenas fortes envolvendo drogas, bebidas, estupro, sexo e agressões físicas/emocionais, entretanto, há a sensibilidade do aviso de tudo isso em cada capítulo. Embora sejam cenas fortes, eu creio que seja válido os adolescentes assistirem sim e com isso tirarem proveito da situação para entenderem o que eles possam estar sofrendo ou até causando por aí a fora. A vulnerabilidade de cada personagem mostra que todos são/estão passíveis a tormentas pessoais...

No meu ponto de vista a série merece nota 5 estrelas e a Netflix está de parabéns mais uma vez...

6 de maio de 2018

SÉRIE - IRMANDADE DA ADAGA NEGRA - AMANTE CONSAGRADO - #06 - J. R. WARD

SÉRIE - IRMANDADE DA ADAGA NEGRA - AMANTE CONSAGRADO - LIVRO 06 - J. R. WARD


Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. E agora, um Irmão obediente deve escolher entre duas vidas...


Ferozmente leal à Irmandade da Adaga Negra, Phury se sacrificou pelo bem da raça, convertendo-se no macho responsável por manter a linhagem da Irmandade. Como o Primaz das Escolhidas, ele será o pai dos filhos e das filhas que assegurarão que sobrevivam as tradições da raça, e, que haja guerreiros para lutar contra os redutores. 

Como sua companheira, a Escolhida Cormia quer ganhar não só o corpo, mas também o coração de Phury para si... Ela vê o guerreiro emocionalmente deteriorado atrás de toda sua nobre responsabilidade. Mas enquanto a guerra com a Sociedade Redutora se torna mais severa, uma grande tragédia abate a mansão da Irmandade e Phury deve decidir entre o dever e o amor.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Amante Consagrado é o sexto livro da saga da Irmandade da Adaga Negra e os personagens principais são Phury (o gêmeo de Zsadist) e Cormia, a Escolhida do reino da Virgem Escriba. 

Nos livros anteriores temos a Virgem Escriba de um lado e Ômega do outro. Pois bem, ambos são irmãos (que se detestam, claro), o que faz todo sentido já que o plano de Ômega é destruir os Irmãos especificamente, mas meu choque maior foi a revelação de que o Ômega teve um filho com uma vampira que morreu no parto.

A Virgem Escriba também teve seus filhos: Vishious, que foi revelado no livro anterior e Payne, a irmã gêmea de Vishious, que foi revelada neste livro como uma fêmea de temperamento forte.

Não sei se devido ao enfado que senti com Phury acabei deixando passar alguma informação, mas a revelação de que o filho de Ômega não era quem eu pensava, foi um alívio e também justificável, já que o desgraçado é realmente uma pessoa péssima e insuportável. 

Como dito, Phury é o protagonista nesta história, mas posso dizer que ele me decepcionou muito e profundamente, quase a ponto de me fazer desistir de ler este livro e dar um tempo na série, pois a sua confusão pessoal é irritante. 

Ele é fraco, confuso e indeciso. Esse negócio de ser um celibatário não teve uma justificativa convincente (para mim), ainda mais depois de tanto tempo. O vício nas drogas também é decepcionante. A coragem que ele teve ao salvar seu irmão e ter se colocado a disposição da Virgem Escriba para ser o Primaz, a princípio, me passaram a impressão de que ele era um homem mais maduro. Quero acreditar que a autora tenha usado Phury com esta personalidade mais especificamente para chamar a atenção sobre os diversos motivos que levam as pessoas a se envolverem com as drogas. 

John Mattew também tem me tirou um pouco do sério com algumas frescuras. Não é só insegurança da transição. É o maldito trauma por ter sido estuprado quando mais jovem, antes de saber que era um vampiro. Ele não quer falar sobre o assunto, não quer se tratar e enfrentar o problema, não se abre com ninguém e quer que tudo funcione? Concordo que o tema também é forte, mas para se curar a pessoa precisa querer também se livrar do que a perturba. Para defender John, Quinn acabou esfaqueando o maldito Lash e acabou se complicando, porém, a desgraça toda não pára por aí, pois os Redutores estão com a corda toda agora. Um ataque terrível acabou matando diversos vampiros. 

Bella está enfrentando uma gravides de risco, Zsadist está por um fio e Cormia se sentindo rejeitada. Phury foi afastado de suas funções na Irmandade depois de tanta merda que ele fez. Wrath descobriu a causa do ataque de Quinn e acabou resolvendo momentaneamente a situação de Quinn, mas isso desencadeou um grande grande poder aos malditos redutores.

De modo geral minha nota para este livro é de três estrelas...

4 de maio de 2018

SÉRIE - LA CASA DE PAPEL - NETFLIX


SÉRIE - LA CASA DE PAPEL (uma série Original Netflix)

Uma mistura de audácia, inteligência, estratégia, coragem e contratempos... 
Esta série realmente me pegou desprevenida e confesso que ela não havia entrado para minha lista de interesses, mas a coisa foi tomando uma proporção absurda, já que muitas pessoas ao meu redor estavam assistindo a série e comentando positivamente sobre ela, que me rendi e não me arrependi.

Logo de cara fiquei bem arredia com relação ao personagem Berlim, pois ele me parecia arrogante demais e até muito violento, mas ao longo dos capítulos fui observando nele uma seriedade e uma fidelidade ao plano muito fortes. Eu me atrevo até a dizer, que de todos os integrantes ele era o mais preparado, pois os outros estavam sempre titubeando e fazendo bobagens, principalmente a tal da Tókio, que se acha(va) muito esperta. 

O professor é sem sombra de dúvidas um personagem perfeito. Inteligente e audacioso. Ele investiu no plano de seu pai e fez a coisa toda funcionar, até os erros ele sabia como contornar. Eu aposto que cada expectador torceu do começo ao fim para que o assalto desse certo. A negociação dele com a investigadora Raquel, além de inteligente, tem muito sarcasmo e ele sabe exatamente como desestruturar a agente, mas, apesar de cada passo milimetricamente calculado, ele não contava que se apaixonaria por ela e esse talvez tenha sido seu único erro, pois abalou suas estratégias.

A série trás um pouco de cada personagem, mostra flashes de como o plano foi arquitetado, como os "assaltantes" foram treinados e a relação entre eles e alguns dos reféns. O assalto é sensacional, as artimanhas são fantásticas. A estratégia é perfeita. A cada cena uma ótima sacada!

Não perca essa... #maratona #recomendo #nota10

30 de março de 2018

LIVRO - NÃO ME ESQUEÇAS - BABI A. SETTE

NÃO ME ESQUEÇAS - BABI A. SETTE

Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar

Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. 
Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança.
Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo.
Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Não me esqueças é o terceiro romance de época da escritora Babi A. Sette. Normalmente eu gosto de ler os livros dela logo que eles são lançados, mas eu precisava me preparar psicologicamente para viajar neste romance, pois as histórias da Babi são sempre intensas. Babi escreve com propriedade e dedicação. Para ela, escrever não é só sentar na frente do computador e criar uma história. Ela pesquisa, ela se dedica e se atualiza para levar ao seus leitores situações, lugares e personagens bem construídos.

Lizzie é uma das filhas do casal Kate e Artur, personagens principais de A Promessa da Rosa e claro que Lizzie, sendo filha de quem é, não seria uma personagem qualquer. Ela carrega bem a mistura de seus pais, uma moça de atitudes corajosas e que não se perde em vaidade ou futilidade. mesmo sendo uma jovem rica, de família de prestígio e bem criada, não é mimada. Ela é diferente... diferente no bom sentido e ela tem uma paixão pelo povo Celta e sua vida está totalmente ligada a esta cultura.

Gareth é o líder de um clã misterioso e quando seus destinos se cruzam, uma forte história de amor começa... recomeça... continua! São almas gêmeas! Ele tem seus medos, suas tormentas e suas responsabilidades diante de sua posição no clã, mas ele se renderá ao amor...

Isso é tudo o que eu posso dizer sobre esses dois personagens, pois qualquer coisa a mais que eu diga, revelará praticamente toda história, no entanto, o meu ponto de vista é que essa história superou todas as minhas expectativas. Normalmente quando a gente lê uma história que é meio que uma continuação de outra, uma ramificação, temos aquela sensação de que tudo vai se repetir, mas a autora acertou a mão nessa história.

Claro que eu gostei de Gareth logo de cara, mas eu me apaixonei por ele em uma das cenas intensas entre ele e Lizzie, quando ele mostra uma passagem secreta a ela (isso é tudo que posso dizer). Foi de todas, a cena mais marcante para mim.

Recomendo essa leitura com certeza!
Uma história que nos faz viajar por um lugar diferente e também nos faz pensar sobre a intensidade dos sentimentos, sobre a confiança nas pessoas a nossa volta, nos nossos medos e também sobre amores verdadeiros, reais e transcendentais...

Cinco estrelas.. 

E para quem ainda não sabe, em breve teremos o lançamento do livro Senhorita Aurora no formato físico, então, quem não teve a oportunidade de ler em e-book, poderá ler em breve!