28 de agosto de 2018

LIVRO - SÓ O AMOR CONSEGUE - ZÍBIA GASPARETTO

LIVRO - SÓ O AMOR CONSEGUE - ZÍBIA GASPARETTO

O amor incondicional é a maior força do universo. Por mais difícil que seja uma situação, o amor sempre resolve. Essa é a maior conquista do espírito, um aliado fundamental para o progresso em todas as áreas da vida. Uns mais, outros menos, todos nós estamos desenvolvendo nossa forma de amar. 


Margarida com suas marcas da orfandade; a esposa ciumenta sob a influência de um espírito do passado; a mulher traída que não soube perdoar; o marido arrependido tentando reconquistar a dignidade...Todos queriam curar dores e seguir adiante. Só quando o amor brotou em suas almas, rompeu as barreiras do convencional e assumiu sua força, foi que tudo começou a mudar e, por fim,cada um encontrou o próprio caminho. Essa vitória, Só o amor consegue.


SOBRE A HISTÓRIA:


Posso dizer que este é um livro um pouco diferente do que eu estava habituada a ler da autora. Estava imaginando um livro mais complexo, com uma história específica sobre determinados personagens, mas não. O livro traz alguns personagens que se relacionam de forma direta e cada um tem uma história para ser contada.

Eu me arrisco a dizer também que esse é o livro mais enfático da autora quanto aos ensinamentos do espiritismo, pois o tema está bem evidente na história. Os demais livros que já li dela possuem forte presença do tema, mas este é o mais evidente.

Fernando e Dora eram casados, mas Dora não engravidava, então ela fez uma promessa de adotar uma criança em agradecimento pela graça alcançada. Quando Luiza nasceu, o casal adotou Margarida, que havia ficado órfã e por um tempo teve que viver em um orfanato.

Júlia e Emíliano eram casados e tinham uma única filha, Olívia. Uma garota fútil e vazia. Os dois eram amigos de Dora e Fernando, além de padrinhos de Luiza.

Na fase adulta Margarida se mantém bem unida à irmã Luiza. Dora continuou sendo uma pessoa vazia e muito ciumenta. O ciúmes dela era tanto que chegava a competir imaturamente com as filhas pela atenção do marido.

Emiliano e Júlia acolheram em sua casa Ernesto, filho de um amigo de Emiliano que vivia no Rio de Janeiro e que veio para São Paulo para trabalhar. Assim que conheceu Margarida ambos sentiram que havia algo mais forte que os unia.

Em meio as turbulências que cada personagem enfrenta a vida vai moldando cada um e ensinando a cada um enxergar suas qualidades, refazer seus defeitos e perdoar os erros alheios, com amor, com paciência e com fé.

Apesar de ser um bom ensinamento, ser um livro mais calmo e de purificação, não me cativou tanto assim então, minha nota é três. Faltou um pouco mais de emoção nas partes de drama e um desfecho melhor.

ATENÇÃO: Cuidado com as edições "Pocket" que são vendidas. Eu particularmente detesto versão pocket porque acho muito desconfortável de ler. As letras são pequenas e o livro é minúsculo. Tem quem goste ou não se importe!

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!