22 de novembro de 2016

LIVRO - ORGULHO E PRECONCEITO - JANE AUSTEN


ORGULHO E PRECONCEITO (PRIDE AND PREJUDICE) - JANE AUSTEN

Considerada a primeira romancista moderna da literatura inglesa, Jane Austen começou seu segundo romance, "Orgulho e Preconceito", antes dos 21 anos de idade. Assim como em outras obras de Austen, o livro é escrito de forma satírica. 

O romance retrata a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy na Inglaterra rural do século XVIII. Lizzy possui outras quatro irmãs, nenhuma delas casadas, o que a Sra. Bennet, mãe de Lizzy, considera um absurdo. Quando o Sr. Bingley, jovem bem sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, a Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas. Enquanto o Sr. Bingley é visto com bons olhos por todos, o Sr. Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele por ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira. Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato.


NOTA SOBRE O LIVRO: 


É realmente muito difícil falar deste clássico da literatura inglesa. "Orgulho e Preconceito" é especial porque transcende o preconceito causado pelas primeiras impressões e mostra como o este mesmo sentimento pode interferir nos julgamentos errôneos feitos a outras pessoas. A autora mescla o comportamento cotidiano de seus personagens com situações sérias e cômicas dando ao leitor uma história mais leve. 


No início do romance, Sr. Bingley, um jovem rico e elegante, aluga uma propriedade no campo chamada Netherfield, perto da propriedade dos Bennet. Ele chega à cidade acompanhado de sua irmã, Caroline Bingley e de um amigo, o Sr. Darcy. Enquanto Bingley é bem recebido pela comunidade, Darcy mantém uma postura mais distante e desconfiada com relação as pessoas do campo. Bingley e Jane Bennet, irmã de Elizabeth, iniciam um relacionamento, que não é muito bem visto pela irmã do jovem, mas totalmente aprovado pela família da moça. Jane é considerada socialmente inferior. Enquanto isso, Elizabeth é “ferida” pela rejeição de Darcy durante uma dança local, e decide rebater a indiferença dele com sua perspicácia e espirituosidade.

Em seguida Elizabeth começa uma amizade com o Sr. Wickham, um oficial que tem animosidades com o Sr. Darcy. O Sr. Wickham conta a ela que foi maltratado por Darcy, e Elizabeth imediatamente agrega tais informações aos últimos acontecimentos, gerando assim um sentimento de ódio. Ironicamente, mas sem o conhecimento dela, Darcy está totalmente interessado pela jovem.

Quando o Sr. Bingley parece resolvido a propor casamento a Jane, todos partem repentinamente Netherfield, deixando Jane confusa e desapontada. Elizabeth se convence de que a irmã de Bingley aliada ao Sr. Darcy conspiraram para separar os dois apaixonados.

Após a partida de Bingley e seus pares, o Sr. Collins, o primo das irmãs Bennet, pretenso herdeiro de Longbourn, chega à casa da família e fica um tempo com eles. Este Sr. Collins é um clérigo apadrinhado de Lady Catherine de Bourgh, coincidentemente tia do Sr. Darcy. Além de ter vindo visitar sua patronesse, vem escolher, entre as irmãs Bennet's, uma esposa. O Sr. Bennet e Elizabeth não aprovam o seu comportamento egoísta e pedante; Collins se interessa por Jane, mas quando sabe de suas pretensões por Bingley, se volta para Elizabeth, a quem propõe casamento. Elizabeth o rejeita, para desgosto da exagerada Sra. Bennet. Tamanha é a prova de que ele somente queria uma mulher qualquer para esposa, que acaba propondo casamento a uma amiga íntima de Elizabeth, Charlotte Lucas, que o aceita. A jovem deixa claro que aceitou o casamento por não ter outra opção e por não haver nenhuma perspectiva de casamento em sua idade.

Durante a primavera Lizzy vai visitar a casa da amiga e de seu primo e acaba conhecendo Lady Catherine e encontrando com o Sr. Darcy, que se declara apaixonado pela jovem. Com base nas informações que tinha, na opinião que já havia formado e nas desconfianças de que ele fora responsável pela separação dos dois, Lizzy rejeita Darcy. Não tendo outra alternativa de se justificar, Darcy escreve uma cartá à Lizzy contando sobre as más intenções de Wickham e também sobre o errôneo julgamento que havia feito sobre Jane. Lizzy descobre a verdadeira face de Wickham, que seduziu Georgiana, irmã mais nova de Lizzy apenas para se vingar, causando um tremendo tormento na família e deixando Dary encurralado.

Somente algum tempo depois, quando confrontada e intimidada por Lady Catherine, logo após o retorno de Darcy e Bingley a Netherfield é que Lizzy se encoraja para enfrentar a senhora arrogante e pretensiosa, aceitando finalmente o pedido de casamento de Darcy. Jane e Bingley também ficam juntos, deixando a velha irritadíssima, mas, quando vê que não há alternativas, acaba aceitando finalmente a felicidade dos jovens.

Apesar da história ser incrível, o ponto alto da trama é a mensagem que a autora nos passa e o foco do livro é estampado quando a autora menciona que um homem solteiro e possuidor de grande fortuna deve ser o desejo de uma esposa. Com esta citação, Jane Austen faz referência aos relacionamentos e os casamentos, dá um tom de humor à obra ao falar de maneira inteligente sobre de um tema comum (e que de certa forma ainda é bem atual, pois ainda há muitas pessoas interesseiras), e prepara o leitor para uma caçada de pretendentes valiosos.


Considerado a obra prima de Jane Austen, "Orgulho e Preconceito" ganhou adaptações para o cinema, tanto é que a capa desta edição, que é bilíngue (português e inglês) recebe a mesma foto do filme com os atores Keira Knightley e Matthew Macfadyen nos papéis principais.

Dou ❤❤❤❤❤ (cinco corações) para esta história de um modo geral considerando tanto o livro quanto o filme, embora, nas 2 horas e 6 minutos de filme, creio que daria para melhorar um pouco mais o final...


ONDE VER O FILME:

A adaptação cinematográfica está disponível para os assinantes do Netflix... delicie-se!


ONDE COMPRAR O LIVRO:

Saraiva *** Edição de Luxo *** (edição impressa / capa dura e bilíngue), clique aqui - R$ 28,80 em 22/11/2016

Amazon (edição digital / bilíngue), clique aqui - R$ 9,90 em 22/11/2016

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!