14 de junho de 2015

LIVRO - LOUCAMENTE SUA - RACHEL GIBSON


LOUCAMENTE SUA - RACHEL GIBSON


De volta à sua cidadezinha para atender ao funeral do seu padrasto Henry, a bela cabeleireira Delaney é surpreendida com uma cláusula do testamento dele: se quiser receber a sua herança, ela deverá permanecer um ano inteiro na cidade e não ter "contato sexual" algum com o bad boy Nick, filho bastardo de Henry. Acontece que, dez anos antes, ela e Nick viveram uma paixão, e embora ele seja um mulherengo incorrigível, a proximidade de ambos reacende a antiga chama. Será Delaney capaz de resistir ao motoqueiro de conversa fiada?



NOTA SOBRE O LIVRO:

Delaney era uma mulher independente, mas nem sempre foi assim... Sua infância e adolescência foram rígidas e sobre as regras estipuladas pelo seu padrasto e sua mãe, que afirmavam só querer o seu bem. Ela só podia se aproximar das pessoas que lhe eram autorizadas, e Nick, seu pior, e melhor pesadelo não era uma dessas pessoas autorizadas, ao contrário, ele era totalmente proibido.



Nick era o filho bastardo de Henry e foi uma criança que só queria ser amado pelo pai e não entendia porque ele podia dar tanto amor a Delaney, que nem mesmo era filha legítima dele, enquanto ele era sempre desprezado. Desde a infância Nick fazia tudo para atormentar Delaney, mas no fundo ele gostava da menina de olhar meigo e cabelo loiro, até o dia em que os dois se encontraram e algo intenso se acendeu entre eles. Eles só não contavam que iria terminar como terminou e que isso faria Delaney largar essa vida que a sufocava e se mudaria para outra cidade.

Alguns anos depois, Henry faleceu e Delaney voltou à cidade para seu velório e leitura do testamento, mas para sua surpresa, Nick também deveria comparecer. É claro que a chama e também os dissabores entre eles voltaria com força total e que as cláusulas daquele testamento interfeririam diretamente na vida de ambos. A lógica é que Henry sabia o que aconteceria com o reencontro de ambos e por isso tratou de esquematizar aquela situação antes de sua morte.

Na leitura do testamento Delaney descobriu que tinha a chance de ganhar três milhões de doláres, mas para isso acontecer, ela teria que morar durante um ano em Truly. Voltar a morar em Truly seria até fácil se não fosse por um único motivo: Nick Allegrezza, o bad boy do seu passado residindo no mesmo lugar. Nick descobriu que não havia sido esquecido pelo pai, já que ele havia deixado ao filho duas propriedades, porém, sob a condição de que ele não tivesse nenhuma relação sexual com sua enteada Delaney no período em que ela devesse permanecer na cidade para herdar sua parte da herança. Ao receberem as condições, Nick e Delaney não sabiam como agir, apesar da certeza de que nunca haveria nada entre eles, mesmo apesar do que aconteceu na noite em que foram flagrados por Henry.

Às vezes durante a leitura, assim como eu, você deduzirá que o Nick é um tremendo sacana, mas na realidade ele não é nada disso. Mesmo apesar do que sofreu com as rejeições do pai, Nick era um homem honrado e muito decente e tudo o que ele fez teve uma razão de ser. 

Delaney saiu de sua cidade natal porque ela necessitava se distanciar daquela pequena cidade, e mais do que tudo, precisava ficar bem longe de sua mãe Gwen e do padrasto Henry. Os dois sempre foram rígidos em sua educação e na intenção de mantê-la longe de Nick Alegrezza. Nick era o cara mais delicioso da cidade, e também o mais marrento. Um homem lindo de origem basca que virou o coração de Delaney do avesso, quando ainda eram muito jovens e onde começaram todos os conflitos.

"Ele era proibido para ela por toda a vida, e ela foi atraída a ele como um inseto a uma luz. Delaney foi uma boa garota que desejava se libertar, e tudo que ele tinha que fazer era estalar o dedo e dizer quatro palavras. Quatro palavras provocativas de seus lábios mau."


Delaney se viu no dilema de não transar com Nick e assumir o que sentia por ele. O mesmo dilema a acompanhava há anos. Nick era apaixonado por Delaney desde que eram apenas crianças, mas agora o amor deles estava em jogo por conta dos interesses e necessidades financeiras de ambos. Nick e Delaney tiveram um passado conturbado, desde então ela achava que ele só queria fazer-lhe mal.


O livro mesmo sendo do gênero chick-lit contém cenas de sexo bem detalhadas e bem escritas, sem serem extremamente vulgares e grosseiras. A narrativa padrão da Rachel Gibson é escrita em terceira pessoa, do jeito que eu gosto, pois como sempre reforço, você consegue saber ao mesmo tempo o que se passa com os dois personagens sem ter que ficar revendo a cena pela visão dos dois separadamente.

A história não tem mistérios prolongados e tudo é devidamente explicado ao seu tempo e sem exageros. Como toda mulher magoada, é natural que Delaney visse Nick como um cara irritante e de caráter duvidoso, especialmente com a fama que ele mantinha, no entanto, apesar de óbvio terminarem juntos, a forma como tudo aconteceu foi muito legal e com certeza uma leitura cativante.


ONDE COMPRAR O LIVRO

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!