11 de junho de 2019

LIVRO - KURT SEYIT & SHURA - NERMIN BEZMEN

Kurt Seyit e Shura conta a história dos personagens e a paixão inesquecível deles. Os desdobramentos dos vários conflitos que causaram a queda do Império Russo e a Primeira Guerra Mundial que influenciaram diretamente a vida das pessoas.

NOTA SOBRE O LIVRO:

A história foi escrita por Nermin Bezmen, neta de Seyt. Infelizmente não dá para falar sobre essa história sem revelar spoiller, então, quem não gostar, melhor não ler para não estragar as impressões que poderá ter.

Fazendo primeiramente um comparativo entre o livro e a série da Netflix, há uma grande diferença, tanto nos fatos quanto nos acontecimentos com alguns personagens. Alguns dos que surgem na série realmente existiram.

O final de Seyt e Shura todos nós já sabemos que não será juntos e é bem dolorido. Apesar de Murvet acabar ganhando um pouco o meu coração, confesso que fiquei muito triste pela forma como Seyt e Shura se separam. No livro fica bem claro que apesar de ter mantido sua palavra de conservar o casamento, na realidade, Seyt nunca foi feliz e voltou a ser o mulherengo que era antes de se apaixonar por Shura. 

A vida do casal sempre foi recheada de muitos problemas, desencontros, suposições e enfrentamentos (internos e externos). Ambos despertam no expectador amor e raiva, pois seus comportamentos acabam nos deixando nesse eterno dilema. Seria demais exigir perfeição nas pessoas, mas o que eu aprendi ao ler e assistir a série, é que nem sempre o amor é suficiente para manter duas pessoas juntas, como é o caso desses dois.

A parte da infância de Seyt é apresentada de forma um pouco mais longa, a relação dele com o pai e sua dedicação ao Czar Nicolau. Há também relatos sobre como era a vida das pessoas, a violência enfrentada, a luta das pessoas para sobreviverem.

Eu particularmente gostei muito, tanto do livro quanto da série. Entrou sinceramente para minha lista de preferências e não se surpreendam com a notícia de que estou assistindo a série pela segunda vez. Quando eu gosto, eu gosto mesmo!

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!