28 de novembro de 2015

LIVRO - DUOLOGIA - BORBOLETA NEGRA - VOLUME 01 - HALICE FRS



DUOLOGIA - BORBOLETA NEGRA - VOLUME 01 - HALICE FRS

Inglaterra, 1870. 
Na tarde nublada, sir Edrick Bradley, segundo barão de Westling, sente-se atraído por uma misteriosa jovem. Intrigado, segue-a até que esta entre no hotel da vila. Sem entender sua curiosidade, o barão a espera para que possa abordá-la, apresentar-se. 

Ao fazê-lo, qual não é a surpresa ao ser prontamente esnobado. Com seu ego abalado, sir Edrick não consegue partir e se dispõe a descobrir o que ocorre com tão bela jovem para rechaçá-lo sem razão. 

Por sua vez, Ashley Walker abomina o indesejado encontro. Por anos morava na vila vizinha e agradecia o fato de jamais ter cruzado o caminho do nobre cavalheiro. Após as despedidas Ashley queria somente voltar para Wisbury e esquecer que vira o novo barão. 

Entretanto, afastar-se não seria fácil. E com a convivência viria a compreensão de que nem todos os senhores eram maus, nem todos os homens eram violentos, egoístas ou aproveitadores. Ante tal descoberta e incapaz de conter os avanços de sir Edrick, a sólida muralha protetiva que Ashley ergueu ao seu redor começaria a ruir. Algo que não poderia acontecer jamais, pois ela era a borboleta negra e, por mais que desejasse experimentar o amor, não servia sequer para ser amante do barão. 


NOTA SOBRE O LIVRO:

Borboleta Negra é um romance de época repleto de emoções, situações que nos faz enlouquecer, amar e vibrar. Neste livro temos a história de Edirck, que é o barão e de Ashley, a borboleta. Já aviso que não se trata de uma história de sexo, então, mesmo apesar das cenas quentes e picantes, não há palavreado chulo (como percebo muitas pessoas se queixando atualmente) e nada que irá aborrecê-lo(a). Só pela sinopse deste livro, qualquer resenha se torna totalmente dispensável, afinal, ela é a cópia fiel da mais perfeita história entre duas pessoas tão... tão... bem, leiam e descubram!

Sobre a autora, dispensa-se comentários, afinal, vocês vão dizer que sou suspeita porque nos tornamos amigas, mas a grande verdade é que ela escreve realmente muito bem, suas histórias me conquistam e seus personagens me estragam. Durante a leitura precisei várias vezes parar para conversar com ela e fazer "terapia literária".

Quem deu vida ao meu barão desta vez foi o gatíssimo Armie Hammer. Confesso que só o conheci por conta das divulgações do filme "O agente da Uncle", mas ele me surpreendeu positivamente. Aliás, surpreendeu positivamente em talento, beleza, simpatia, elegância, charme, sensualidade e uma voz de arrancar suspiros! Há certas diferenças entre o barão citado e o meu idealizado, mas tentei não me apegar muito a isso. Deixei só sua imagem invadir minha mente e confesso que quando Edrick fala, eu ouço perfeitamente sua voz de trovão. 

O barão demonstra ser uma pessoa "normal", apesar do título de nobreza. Posso dizer até que o nobre rapaz não é orgulhoso, prepotente ou arrogante. O barão é realmente um lorde e você certamente se encantará por ele ao longo da história. Além de tudo o que já foi dito, ele também é um homem intenso em seus sentimentos, mas também muito puro. Ele sempre acredita no melhor das pessoas, até ser surpreendido.

Edrick Ludwig Preston Bradley III (34 anos) é o 2º Barão de Westling pela linha de sucessão. Diferente de suas duas irmãs, Marguerite e Catharina, já casadas, Edrick não tem a menor pressa em assumir matrimônio, mas a sua mãe Elizabeth, a Lady Westling, está louca para vê-lo casado com Madeline Kelton, a filha do banqueiro. Edrick não nutre por ela nenhum interesse nesse sentido, então, deixa tudo como está, sem aprofundar nenhum compromisso. O braço direito e amigo mais próximo do barão é PhillipAmbos cresceram juntos, então, é muito comum se divertir com os diálogos de patrão e empregado, ainda mais quando o empregado fala certas coisas ao patrão, deixando-o sem ter como se defender, afinal, sabe bem o quanto tais palavras são verdadeiras e o quanto Phillip lhe é fiel.

Ashley Walker (23 anos) é uma garota misteriosa. Sua condição atual provém de seu passado. Um passado que destruiu sua vida e que a condenou para sempre. Não é de família nobre, não gosta de chamar atenção e sua identidade é de conhecimento de raríssimas pessoas. É uma pessoa boa de coração. Há uma pessoa  a quem ela dedica todo seu amor, sua preocupação e a quem ela precisa proteger a todo custo. Uma vida sofrida (totalmente longe dos dramas mexicanos) que somente uma mulher com muita garra e muita coragem seria capaz de suportar.

Para seu espanto, naquela tarde acaba chamando a atenção do barão, mas apesar da surpresa, procura não se abalar em sua presença. Claro que sua figura deixou o barão ainda mais interessado em saber quem ela é, afinal, por conhecer toda nobreza, sabe que a senhorita Walker não é uma nobre como ele e sua desenvoltura não é comum e com o passar dos dias Edrick deseja tê-la somente para si.
"Aquela jovem era, certamente, a criatura mais irritante que ele conhecia, mas ainda assim, a mais atraente. Quão fácil seria correr a mão pelo pescoço desnudo, atraí-la e roubar um beijo? Muito fácil e ele com certeza apreciaria, contudo Edrick sabia bem que ao final receberia uma sonora bofetada. Não precisava de uma rejeição violenta para cutucar ainda mais seu ego pisoteado."
Justamente por seu temperamento nada submisso, Edrick está provando o gosto amargo da indiferença feminina. Indignado e curioso por ver que a senhorita Ashley não se joga aos seus pés como tantas outras fazem e fariam. Ashely demonstra ser uma mulher de personalidade forte e que também está em busca de um objetivo pessoal, que não é o de se relacionar com aquele homem. Ela tem consciência de que qualquer envolvimento entre eles será no mínimo perigoso e escandaloso, no entanto, a química entre eles torna-se inevitável.

Ashley "sabe" que ela não é a pessoa certa para o barão, ou seja, que tornar-se a baronesa não será tão simples, mas não é isso que Edrick pensa, deseja e quer neste momento. Ele não quer mais se esconder. Por muitas vezes Edrick chega muito próximo da verdade, mas seus sentimentos e sua inocência não o deixam concretizar aquilo que dá vazão à sua mente. 

E obviamente que o cerco começa a se fechar, pois, com tantos sentimentos em voga, como que Ashley poderá continuar escondendo de Edrick quem ela é realmente? O que poderia acontecer para que a verdadeira identidade de Ashley seja revelada? 


Uma história muito bem elaborada, rica em detalhes e informações que farão você grudar no livro. Aliás, me atrevo a dizer que esse é o tipo de histórica rica em muitos aspectos que prendeu a minha atenção. Sempre fui defensora dos livros nacionais, sempre ergui a bandeira de que deveríamos dar valor ao que é escrito aqui, mas sempre considerei que o trabalho e o esforço do autor é um dos principais ingredientes. Histórias bem construídas e com vocabulário autêntico, maduro, na minha opinião, é fundamental e a autora Halice FRS me conquistou por todos esses ingredientes literários. Não basta apenas ter uma boa ideia. É preciso ter muita capacidade e ela é uma das autoras que eu admiro, respeito, acompanho, leio, recomendo e incentivo a leitura sim. 

Em "Apple White" e arredores, as coisas vão acontecendo de forma que sua atenção vai sendo cativada a cada página e você começa, automaticamente, a tirar conclusões sobre os fatos e sobre os demais personagens que complementam a trama.

DICA: preste atenção em todos, eu disse todos os detalhes dessa história porque no meio destes detalhes pode ter alguma revelação oculta.

As circunstâncias levam Edrick a descobrir sobre o passado de Ashley e agora ambos precisam lidar com as consequências dos atos, dos sentimentos, das ações. Ashley e Edrick possuem muitas pedras em seus respectivos sapatos, traidores e pessoas maldosas, mas nem todos são tão ruins assim e você saberá detectar quem são as boas pessoas que estarão dispostas a ajudá-los. 

É muito difícil julgar as reações tanto de Ashley quanto de Edrick no calor da emoção desta leitura e você levará um tempo para perceber que as coisas aconteceram como tinham que ser mesmo. A sequência de fatos e revelações são emocionantes e surpreendentes. O desfecho é sensacional e quando você termina a leitura, você fica com a sensação de profunda tristeza porque acabou, mas com uma imensa felicidade por ter navegado por uma história tão rica. 

Na minha avaliação, esta história merece muito mais do que apenas ★★★ (cinco) estrelas... Tudo está de parabéns e eu encerro com aquele gostinho de quero mais, com aquele gostinho de saudade e com aquele desejo imenso de em algum momento ser possível que estes dois livros complementem minha estante, pois agora, eles já deixam meu Kindle muito mais elegante e rico.


ONDE COMPRAR O LIVRO:

Amazon, clique aqui!

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!