6 de junho de 2016

TRILOGIA - ENIGMA - LIVRO 02 - PECADOS & DANOS - HALICE FRS


ENIGMA - PECADOS & DANOS - LIVRO 02 - HALICE FRS

Segundo livro da trilogia Enigma, Pecados & Danos confirma que os anos de seminário não deram a Jonathan De Ciello força necessária para resistir à primeira tentação. Rendido às constantes provocações de Faith Green, o padre recém-ordenado se mostra disposto a se dividir entre dois mundos, livre de remorso, sendo responsável pela paróquia em Sin Bay e mantendo a moça como sua amante. 

Esquecido de seu passado e decepcionado com Carlo – seu tio paterno –, também estava disposto a descobrir os motivos que tornavam familiar o mundo obscuro no qual Faith transitava, tão impróprio ao sacerdotal no qual seu tio o fazia habitar e crer pertencer. 

Caso não fosse quem acreditava ser, seria pecado se entregar à paixão por uma pecadora mentirosa e aos seus fetiches? Se o fosse, quais danos suas ações provocariam na vida de ambos? 

N/A: Enigma é um romance contemporâneo para adultos, contém sexo e violência.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Neste segundo livro Jonathan volta com um comportamento mais determinado, mas também, totalmente fora do seu controle e do seu conhecimento. Ele flagra uma situação no mínimo estranha de seu tio Carlo e com isso fica desconfiado de muitas coisas. Tudo isso lhe dá forças para ir atrás de algo que o perturba, que é a falta que Faith faz em sua vida. Por mais errado que seja essa situação toda, Jonathan se dá conta de que não consegue permanecer longe de Faith e por isso, determina que dará um jeito. Enquanto isso, Faith assume um comportamento mais "menininha apaixonada" e está determinada a resolver a situação com Peter e a irmã, pois lhe machuca ver o sofrimento de Nicole. Quanto a Tyller ela precisa dar um jeito de fazer o pobre moço desgrudar, mas ainda não sabe como e, para completar sua angústia, aquele segredo sobre seu comportamento está ameaçado.

Com relação ao segredo que eu falo, desde o início do livro 01 a autora deixa claro do que se tratava, então, você não vai ficar sofrendo para descobrir o que ela fazia, mas, eu resolvi não contar para não estragar a leitura.

Quando Jonathan descobre o que Faith faz ali, sua reação é de raiva e de desejo. O homem se transforma em um sujeito completamente desconhecido, mas ainda há excitação em seu corpo. Por mais que odeie a causadora de seu transtorno, ele ainda a deseja, claro. Jonathan não se reconhece e não domina seus instintos de luta e desafio. 


"O homem regozijava-se por finalmente ter extravasado um dos sentimentos violentos que o atormentava há dias. Assombrado, Jonathan constatou que faria tudo de novo caso pudesse ter um pouco mais daquela adrenalina que antes de agitá-lo, acalmava-o."


Diante de tais fatos, as coisas entre Faith e Jonathan ficam complicadas outra vez, pois Jonathan não consegue e não quer externar tudo o que está incomodando-o e com isso, sem saber qual bicho mordeu o padre, Faith volta a sua rotina "normal". 

A tristeza e a amargura toma conta de ambos, mas assim com da outra vez, cabe a Faith apenas aguardar, até mesmo porque em breve, o pai e o irmão retornarão para o mar em outra temporada de pesca. Com a presença do pai, Faith acaba ficando muito limitada em suas "escapadas" e desculpas esfarrapadas, pois o homem é (quase) uma águia.


"A viagem até Sin Bay foi reservada à ponderação. Faith repassou todas as decisões erradas e comportamentos inconsequentes. Assim como fora péssima com Tyller, o era com Nicole, afinal, não cabia a ela provocar qualquer tipo de reação."


Jonathan está vivendo o seu inferno particular, pois seu tio não está facilitando em nada a sua vida. A verdade é que Faith desperta em Jonathan seu pior lado. Um lado que ele mesmo desconhece e que Carlo teme ressurgir. O padre está no seu limite e é durante o baile da cooperativa que ele deixa seus instintos falarem mais alto.

Coisas estranhas começaram a acontecer na região, como o desaparecimento de Joseph logo após o baile, um "acidente" que Tyller sofreu e também o desaparecimento de outras três pessoas que tiveram uma aparição na história.

Em alguns momentos tive a sensação de que Elliot, o pai de Faith, desconfia de algo, mas que se finge de morto para não alardear a situação. Ao mesmo tempo, algo está dando errado para Faith. Ela tenta se livrar de uma situação, mas ela já está atolada até o pescoço e com isso passa a sofrer chantagens. O descontrole de Jonathan na noite em que segue Faith é algo lindo de se ver. Como um homem consegue ser tão intenso desse jeito?

Aliás, falando em família, a família Green é muito peculiar e deixa diversos pontos de dúvidas quanto a personalidade de cada membro. Elliot Green é o líder comunitário. Um homem antiquado, machista e preconceituoso, mas é tido como um tipo de "Prefeito" na cidade, já que ela não possui nada disso. É o tipo de homem que impõe sua vontade e todos tem que seguir o que ele dita. Constance é aquele tipo de mulher que só se preocupa com o horário das refeições e que todos devem estar sempre reunidos à mesa. Muitas vezes tive a sensação de que ela finge tamanha submissão ao marido apenas para viver bem e demonstrar que formam uma família perfeita, assim como também finge não ver o que se passa com as duas filhas. Mason por ser o filho homem e mais velho, possui certas "regalias" com o pai, que não pega tanto em seu pé, apenas com o fato de achar que ele deve se casar logo, já que dorme com Helen, a namorada.

Nesse ponto Jonathan e Faith estão tentando achar um denominador para a conturbada relação e o desejo implacável. Jonathan, mesmo não querendo, por vezes se declara e suas palavras chegam a dar aquele calafrio no estômago do leitor. Assim como os momentos de paixão, as discussões entre eles também são sensacionais.


"- Não se atreva a me deixar falando sozinho" - Nem a dispensar, pensou aterrado com a possibilidade. Trêmulo pelo temor de que ela realmente encerrasse o pouco que tinham, vociferou: - Não pode me deixar! Não agora"

Entretanto, a parte em que fazem as pazes e se entregam e se fundem como se seus corpos necessitassem daquele contato é algo extremamente sexy e envolvente. Jonathan vai de 8 a 80 em cinco segundos. Em um momento explode de raiva, ressentimentos, ira, ciúmes para em seguida se transformar em um homem apaixonadamente carente e inseguro.


" - Nem tudo o que desejo fazer com você é proibido, Faith, mas com certeza tudo é inadequado. (...) Tocá-la sempre que sentisse vontade... Segurar sua mão durante uma refeição ou enquanto caminhássemos pela praia... Poder consolá-la quando chorasse. Dividir um sorvete ou passear com você... Acompanhá-la ao cinema... Ou dançar com você..."


Tem como não amar esse homem? É possível amá-lo mais do que amo? Sim, sim! Sim para todas as respostas porque Jonathan é demais, Jonathan é intenso e consumista. Sim, consumista, pois ele absorve muito de você, muito de mim, muito da Faith, todas as energias possíveis. Tanto ele é descontrolado, ciumento, possessivo quanto ele é envolvente, sedutor, carente, sensível. Jonathan tem um humor do cão. Realmente ele apresenta uma variação emocional muito forte e não tiro a razão de Faith quando ela diz que ele é bipolar.


"- Questo sono io... Solamente Jonathan. Non signore... Non sacerdote... Solamente un uomo innamorato di te..."

Com esta declaração dá pra ter um nítido exemplo de quando me refiro ao Jonathan carente e apaixonado.

Enquanto isso, paralelamente ao romance proibido de Jonathan e Faith, as coisas começam a se complicar. O chantagista de Faith está alerta, Carlo De Ciello precisa fazer uma viagem estranhíssima para se encontrar com alguém do clero. Joseph continua sumido, Tyller dá uma trégua e Nicole está desconfiada que a irmã está apaixonada por alguém. Elliot e Mason retornam ao mar com os demais pescadores e Jonathan resolve investigar Grace Campbell. Entretanto, como tudo é mutável, de repente as coisas começam a tomar novos rumos, onde Nicole se mostra mais firme e tem coragem de enfrentar a mãe pela primeira vez. Talvez isso tenha sico mais do que necessário para que Constance abra os olhos para o que acontece ao seu redor.


E como não poderia deixar de ser, revelações sobre o passado de Jonathan vêm a tona. As revelações que um estranho traz sobre seu passado não deixam nosso padre muito satisfeito. Seu passado está batendo em sua porta e resta apenas seguir o fluxo das coisas, até mesmo para preservar as pessoas a sua volta.

Adquira o seu ebook aqui e viaje em uma história surpreendente e muito, muito cativante.

O terceiro e último livro também já está a venda e em breve teremos os comentários sobre ele aqui. Uma boa leitura a todos, pois estou agora curtindo meu momento ressaca pós padre!!!

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!