12 de fevereiro de 2017

FILME - 50 TONS MAIS ESCUROS - E.L. JAMES


Depois de uma espera de dois anos, no último dia 09/02/2017 estreou o segundo filme da trilogia e eu estou aqui, já morrendo de saudade de tudo que assisti e querendo ver tudo de novo.

A sala estava lotada e o público bem diversificado e o legal que desta vez o combo de pipoca traz um copo com o tema do filme, que lógico, eu fiz questão de garantir...

Ao meu ver, este segundo filme foi muito melhor do que o primeiro. O casal estava com uma sintonia melhor e o ator simplesmente arrasou com sua interpretação e aparência.

Abaixo quando eu falar especificamente do filme, confesso, teremos spoilers, então, se você não quer saber, então pare sua leitura por aqui e vá ver o filme.


SOBRE O FILME (COM SPOLER)

O filme começa do ponto em que Christian vai atrás de Ana após dias de tortura pela separação. Ambos estão sofrendo e a reconciliação é fantástica, tal qual no livro.

A cadela da Mrs. Robbinson, na pele de Elena Lincon e interpretada por Kin Besinger surge para infernizar a vida de Ana, assim como Jack Hyde, interpretado por Eric Jhonson.

As cenas de sexo são intensas e, galera, muito bem feitas... daquelas de suspirar de ficar com água na boca mesmo. O nu tão aguardado de Christian Grey infelizmente só acontece com ele de costas e cá entre nós... que bunda gostosa é aquela? Houve uma aparição dele, de costas, que fez a galera (feminina) da sessão simplesmente ovacionar em coro! O cara arrasou. O corpo mais definido e aquela barba cerrada de matar o coração mesmo.

Lembram do baile de máscaras na casa dos pais de Grey? Sim, ele acontece seguido do leilão em que Ana arremata o lance do passeio em Aspen, mas o melhor da cena vem antes e depois... antes, quando Grey usa as benditas bolas de prata (sim, tem a cena da inclusão das bolas em Ana.... uhuuuuuuuuuuuu) e dele tirando durante o baile. 

Gente, tem também a cena que ele faz ela tirar a calcinha no restaurante e da bulinação dentro do elevador (realmente depois de Grey os elevadores nunca mais foram os mesmos) e ao mesmo tempo que é excitante é também bem engraçado...

Temos o acidente com o Charlie Tango, temos a destruição do carro de Ana, temos o passeio deles de barco e temos a cena em que Christian fica cara-a-cara com a ex-submissa Leila que provoca a devastação de Ana, mas o melhor disso tudo é quando Ana volta para o apartamento de Christian e eles se ajoelham e se abraçam... arrepiante.

O filme é repleto de cenas quentes e bem eróticas, as falas de Grey e suas declarações são muito tocantes e a cena em que ele cria o mapa em seu corpo indicando as áreas que Ana não pode tocar chega ser palpável. Sim, a expressão de dor que ele tem faz com que a gente tenha a sensação de sentir a dor dele. 

Jack Hyde também dá um show com seu perfil repugnante. De início a gente tem a sensação de que ele é mais um "apaixonado" por Ana e até Grey sente isso, mas as facetas dele deixam claro que tudo não passa de um jogo para atingir Christian. Creio que os motivos sejam revelados no filme 50 tons de liberdade, que aliás, já tem data marcada... Fevereiro de 2018!!!

Seguindo os conselhos das poucas coisas que me atrevi olhar antes de ver o filme, aguardei o final dos créditos para ver o trailer mega rápido do que virá com o último filme.

Também temos o confronto de Leila x Ana e de Elena x Ana, por duas vezes e o segundo foi o melhor de todos, quando Ana joga a bebida de seu copo na cara da biscate e quando Grace Grey flagra a discussão de Cristian com Elena e descobre que aquela que era sua amiga foi a aliciadora de seu filho. Alias, quem foi Kin Besinger nos anos 80 e 90 que arrasava quarteirão e arrancava suspiros com seus personagens super sexies hoje ficou apenas com o papel da Mrs. Robbinson, mas bem perfeita para o papel. Um avatar perfeito para a loira do mal.

E para fechar as duas horas de filme, temos a festa de aniversário de Christian seguida pela queima de fogos... lindo final e com gosto mesmo de quero mais... fechou super bem!

Bom filme a todos 😍

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!