6 de julho de 2016

LIVRO - O DESPERTAR DO LÍRIO - BABI A. SETTE

LIVRO - O DESPERTAR DO LÍRIO - LIVRO 02 - SÉRIE FLORES DA TEMPORADA - BABI A. SETTE


Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte. 
Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono da maior casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos. 
De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra reações ao lado dela das quais nunca imaginara ter. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Este é o terceiro livro da autora Babi A. Sette e eu confesso que sou muito suspeita para falar dela, afinal, pessoas com seu talento e sua humildade dispensam qualquer comentário. Eu disse para dispensar comentários? Esqueça essa parte, vamos comentar sim! A primeira observação é que este é o livro mais sensual que a autora já escreveu. Para quem já conhece as histórias anteriores sabe que a autora nunca deu muita ênfase aos momentos íntimos de seus casais e olha que ela mandou muitíssimo bem. Todas as cenas são descritas com maestria e requintes de delicadeza e qualidade. Nada de vulgaridade, obcenidades do tipo que você possa dizer "jamais vou deixar minha mãe ler isso". Ao contrário, este livro é o próximo que a minha mãe vai ler sim!

Para quem já leu A Promessa da Rosa, que é o livro número um desta série, sabe que teremos Lilian, a irmã de Kate (e tudo que está por trás dos ensinamentos que recebeu da mãe desde que Kate saiu de casa até o casamento com Rafael Radcliffe, de quem ficou viúva muito jovem e com um filho para criar) e Simon Thorn. O livro é escrito em terceira pessoa do jeito que eu adoro. Nunca deixo de dizer o quanto eu gosto e prefiro esse tipo de narrativa, pois ela consegue transmitir todos os sentimentos que o leitor deseja sentir por todos os personagens. Vale ressaltar que tanto faz a ordem que você vai ler os livros, mas eu aconselho a ler nesta ordem sim, pois alguns detalhes podem fazer diferença e também causar o famoso spoiler que muitos de nós detestamos.

Simon Thorn, o famoso Barão Assassino ou Lord Owen como queiram, está disposto a investir na conquista de Lilian Radcliffe apenas por vingança, mas ele não contava que seus planos mudariam completamente de rumo quando ele próprio se apaixonasse por ela. Sua amante Anne Stone está interessada em uma vingança fria e calculista contra Anabelle, que acabou se tornando bem próxima de Lilian. Simon é temido por muita gente, até porque, dentre seus adjetivos está a libertinagem, a frieza e a morte sem explicação de sua esposa Cristine. A verdade é que ele não é um libertino qualquer e isso ele deixa bem claro, já que não faz promessas falsas a ninguém. Ele é o que é pelo prazer e ponto final (ou por motivos que caberão a ele ajustar em sua vida relativos ao seu passado).

A primeira ideia que você tem de Lilian é a de que ela é uma mulher frágil, inocente, facilmente influenciável, intocável, casta e pura, mas não é bem por ai não. Por trás de tudo isso que ela demonstra ser, há uma mulher forte, talvez até mais forte do que a irmã, pois enquanto Kate age na tempestade, Lilian age na chuva mansa. Anne Stone diz a todo tempo que Lilian é uma mulher insossa, mas talvez um dos ensinamentos que Lilian transmite é de que uma mulher para ser desejada não tem que ser necessariamente atraente e esbanjar sensualidade. A disparidade entre Lilian e Anne é que uma é extremamente elegante enquanto a outra é apenas uma mulher vulgar e amarga.

A história se passa em uma época em que a sociedade era muito mais hipócrita do que é hoje, afinal, sempre que uma mulher era vista na companhia de um homem, logo a fofoca de que eram amantes corria solta. Bem, não preciso nem dizer que tais fofocas partiam daqueles que normalmente tinham o rabo mais preso e amortizavam seus pecados julgando os demais. Assim começou a acontecer com Lilian, que logo caiu na "boca do povo" devido ao fato de estar bem próxima de Simon. A essa altura do campeonato o barão já estava muito apaixonado por Lilian, mas seu orgulho e a máscara de insensível não lhe deixavam ver o óbvio. A única pessoa que tinha capacidade, moral e autoridade para falar com Simon e chamar-lhe a razão era sua tia Margareth, mas nem mesmo ela foi capaz de trazer a lucidez aos pensamentos de Simon. Claro, reza a lenda de que os homens costumam pensar apenas com os membros inferiores e com ele não foi diferente. Foi preciso Lilian entrar em sua vida para que ele se desse conta de quem era de verdade.


Então você deve estar imaginando que tudo gira exclusivamente baseado no que foi dito até aqui, certo? Errado, pois até aqui estamos falando de apenas 40% da história e certamente o que virá pela frente só aumentará sua ansiedade em terminar a leitura e saber o que vai acontecer. 
Exatamente, pois queremos saber o que Lilian tem relacionado ao passado de Simon para que ele apenas quisesse conquistá-la e destruir sua reputação de viúva digna e respeitável enquanto ele fazia questão de manter sua imagem auto-destrutiva. Também vamos querer saber o que Anne aprontará e o que será realmente do destino de Lilian e Simon.

Existe um motivo, ou melhor, existem alguns motivos que tornaram Simon essa "máscara" de frieza, mas quando você vai avançando na leitura você vai descobrindo que não é bem por ai. A mãe faleceu no parto do irmão mais novo, o pai era um poço de brutalidades e somente quando este morreu também foi que Simon conheceu amor ao ser cuidado pelo tio Robert. Somente assim Simon pode seguir com seu dom, que também acabou sendo destruído alguns anos depois. Sim, a morte de sua esposa e a fama que recaiu sobre ele foram ingredientes deste homem que ele se tornou.

Rafael Radclife é uma figura importante na história. Ele teve grande participação no primeiro livro - A promessa da Rosa - e agora, mesmo falecido, continua exercendo grande influência na vida dos personagens. Eu diria que muito mais na vida de Simon, que tem motivos para tanto, do que para Lilian, afinal, pelo que ele foi e por tudo que ele fez, a morte foi pouco. 

Lembram que eu disse que Lilian só parecia ser uma frágil criatura? Pois bem, ela também me surpreendeu bastante com o desenrolar da história, com sua personalidade e com a forma como ela conquista o leitor. Lilian nunca perdeu seu dom de se preocupar e salvar a todos que necessitam de ajuda, fosse quem fosse e lá estava ela protegendo e zelando pelas pessoas a sua volta.

Mas e quanto a Simon?

Bem, você vai se apaixonar pelo homem que existe por trás daquela máscara mencionada.

No meu ponto de vista o livro é digno de 5 estrelas sim em todos os quesitos: narrativa, enredo, emoção, segredos, armações, sensualidade e personagens (amados e odiados). A capa é linda, a diagramação é ótima e o desfecho final é maravilhoso. Amei!


ONDE COMPRAR O LIVRO:

Saraiva (livro impresso), clique aqui (R$ 26,90 em 11/09/2017)

OBS: O livro está a venda somente no formato físico.

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!