10 de julho de 2016

FILME - UM CRIME DE MESTRE



UM CRIME DE MESTRE

Willy Beachum (Ryan Gosling) é um jovem e ambicioso promotor público, que está no melhor momento de sua vida profissional. Ele tem 97% de vitória nos casos em que atuou e está prestes a assumir um cargo na famosa agência Wooton Sims. Porém, antes de deixar o cargo de promotor ele tem um último desafio pela frente: Ted Crawford (Anthony Hopkins). Após descobrir que sua esposa o estava traindo, Ted a matou com um tiro na cabeça. Parecia um caso simples, já que era um crime premeditado e com uma confissão clara, mas Ted cria um labirinto complexo em torno do caso de forma a tentar sua absolvição.


NOTA SOBRE O FILME: 

Ted Crawford é um empresário bem sucedido casado com uma linda mulher, mas, esta linda mulher está tendo um caso com o tenente Robert Nunally, que por sua vez nem desconfia que a linda mulher que esteve em sua cama é Jennifer Crawford.

Como um excelente articulador, Ted arma toda uma situação e fica aguardando a esposa chegar em casa após confirmar que ela estava com seu amante. Dadas as circunstâncias, Ted atira contra Jennifer. Robert é designado para atender aquela ocorrência e leva um susto ao identificar que a mulher atingida por um tiro era sua amante.

Ninguém sabe do caso de Robert com Jennifer e ele está decidido a ir até o final para colocar Ted atrás das grades.

Enquanto isso, Willy Beashum, um jovem promotor com carreira em ascensão recebe uma proposta de trabalho para ingressar na Wooton Sims. Obviamente ele a ceita o convite, mas o caso Ted Crowford acaba caindo em suas mãos e agora, é uma questão de honra vencer aquele caso. A derrota poderá colocar em risco seu novo emprego.

Não preciso nem dizer que um enredo onde Anthony Hopkins é um dos protagonistas vai te prender do começo ao fim, até porque, você não tem dúvidas de que ele matou a mulher, ou melhor, ela ainda não morreu. Ela está em coma no hospital, mas sua vida continua correndo riscos, lógico.

Ted é um homem articulado, frio, calculista, inteligente e de muita influência. Durante o julgamento você chega até a ficar em dívidas sobre qual lado deve vencer o juri. Ele sabe inclusive que o promotor Willy também é um homem muito inteligente, mas ele usa sua maior arma, que é o fato da mulher ter tido um caso com o tenente a seu favor. O maior erro do tenente foi estar presente no interrogatório de Ted, dando a ele um ponto a seu favor e deixando todos de boca aberta. A desculpa? Bem, Robert não contava que o marido traído soubesse do caso da mulher e em momento algum percebeu que cada passo de Ted foi perfeitamente arquitetado.

Mas e aquela frase de que não existe crime perfeito? Bem, a frase é quase certa e para saber o final dessa história você precisa assistir.

Para os assinantes do Netflix o filme está disponível na plataforma. Se você adora colecionar DVD's e B-Ray's, faça suas compras agora mesmo nos links abaixo indicados.

Para mim, o filme é 5 estrelas.

DVD na Saraiva, clique aqui
Blu Ray na Saraiva, clique aqui




0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!