10 de julho de 2016

FILME - O SEGREDO DE BROKEBACK MONTAIN


O SEGREDO DE BROKEBACK MONTAIN



Jack Twist (Jake Gyllenhaal) e Ennie Del Mar (Heath Ledger) são dois jovens que se conhecem no verão de 1963, após serem contratados para cuidar das ovelhas de Joe Aguirre (Randy Quaid) em Brokeback Mountain. Jack deseja ser cowboy e está trabalhando no local pelo 2º ano seguido, enquanto que Ennie pretende se casar com Alma (Michelle Williams) tão logo o verão acabe. Vivendo isolados por semanas, eles se tornam cada vez mais amigos e iniciam um relacionamento amoroso. Ao término do verão cada um segue sua vida, mas o período vivido naquele verão irá marcar suas vidas para sempre. 


NOTA SOBRE O FILME: 

Durante o verão de 1963 Jack Twist e Ennie Del Mar, ambos na casa dos 20 anos aproximadamente, se conhecem ao serem contratados para pastorar as ovelhas de Joe Aguirre em Brokeback Montain, Wyoming. Existem algumas regras para o trabalho, uma vez que aquela era uma região ambientalmente protegida. Ennie é um homem fechado, rústico e de poucas palavras. Jack é um homem astuto e assim que coloca os olhos em Ennie a gente já sente que ele observa o outro com um olhar mais tendencioso. Quando ele menciona que não tem uma relação muito boa com o pai, fica subentendido que é porque o pai não aceita a orientação sexual do filho. Jack não tem um jeito afeminado, mas seus olhares demonstram claramente o que deseja. 

Ennie se casaria com Alma ao término do verão enquanto que Jack não tinha muitos planos. Os meses foram se passando e em uma noite fria, no meio do nada, no alto da montanha, os dois acabaram transando. Ennie ficou bastante confuso com o ocorrido, afinal, para ele, até aquele momento, aquilo era errado. Certo dia Joe acabou flagrando de longe os dois em uma atitude suspeita e acabou interrompendo o serviço antes do prazo previsto. Cada um seguiu seu caminho. Ennie se casou com Alma e com ela teve duas filhas, mas a situação financeira do casal não era nada fácil. 

Jack acabou se envolvendo com Lureen, uma moça de família rica e como ela acabou engravidando, eles se casaram. Lógico que o pai da moça nunca gostou do genro, mas logo Jack estava em uma situação financeira confortável, trabalhando como vendedor de tratores e máquinas agrícolas na empresa da família da esposa. Lureen não era mais aquela moça que Jack conheceu durante o rodeio e se mostrou muito centrada e tranquila. 

Então, 4 anos depois Jack e Ennie se encontraram, mas foram flagrados por Alma enquanto se beijavam. Esta por seu choque não teve coragem de confrontar o marido e passou aquela noite chorando e sofrendo com o que viu. Os encontros passaram a ser esporádicos, mas frequentes, então, de tempos em tempos, eles seguiam para Brokeback Montain, que era como um lugar sagrado para eles, onde podiam aproveitar dos poucos momentos juntos sem serem interrompidos ou julgados, já que diante da sociedade jamais poderiam se mostrar. Jack queria muito que Ennie largasse tudo para que ficassem juntos, mas Ennie jamais admitiu tal possibilidade, pois era assombrado pelas recordações da infância em que seu pai mostrou a ele e ao irmão o corpo de um homem morto brutalmente porque vivia com outro homem. Naquela época já existiam os crimes homofóbicos.

O casamento de Ennie e Alma chegou ao fim, quando em uma noite em que eles estavam transando, Alma disse que não queria ter mais filhos e que eles deveriam evitar. Ennie não gostou da atitude da esposa, principalmente quando ela o acusou de não ter condição de sustentar os filhos, o que era verdade, já que eles nunca melhoraram de vida. A separação deu a Jack a esperança de que ficariam juntos dali por diante, mas obviamente que Ennie se manteve firme em sua decisão de manterem apenas os encontros ocasionais. 

Em um desses encontros Ennie diz que está namorando uma moça e Jack diz que está tendo um caso com uma amiga da esposa, o que não é verdade. A verdade é que Jack estava tendo um caso com o marido da amiga da esposa, mas ele não contaria isso a Ennie. Os dois acabam se desentendendo quando Ennie diz a Jack que não vão se encontrar mais em agosto porque ele não poderá abandonar este atual emprego para se encontrarem, ainda mais agora que ele tem pensão de duas filhas para pagar. O melhor momento desta discussão é quando Ennie acusa de "ser assim" (referindo-se ao relacionamento que possuem) por culpa de Jack. Neste momento notamos a imensa fragilidade do homem e o quanto ele se sente culpado, perdido e atormentado. 

Alma refez sua vida e casou-se novamente. Teve um outro filho com o atual marido, mas acabou discutindo com Ennie durante um jantar de Ação de Graças pelas coisas que sabia. Foi a primeira vez que Alma revelou ao ex-marido que sabia da relação que os dois rapazes tinham. Isso deixou Ennie mais transtornado ainda.

Quando estava se aproximando da data do novo encontro, Ennie recebe de volta um cartão postal enviado para Jack, mas desta vez, o cartão dizia apenas "falecido". Ennie entra em contato com Lureen, que diz que Jack morreu em um acidente enquanto trocava o pneu da caminhonete, no entanto, enquanto a mulher relata sobre o acidente, cenas de Jack sendo espancado e morto por outros dois homens são mostradas. A cena dá a entender que Lureen sabia que o marido havia sido morto, mas contou aquela versão apenas para encobrir os fatos ou até mesmo para esconder um possível envolvimento na morte do marido.

Os momentos fianis do filme retratam Ennie como um homem solitário e amargurado. Um homem que levou muitos anos para perceber a real importância do amor, mas um pouco tarde. Talvez este sempre tenha sido o destino de Ennie independente de ter se apaixonado por um homem ou por uma mulher, pois quando criança perdeu os pais em um acidente de carro ficando sozinho no mundo. Agora, anos depois, mesmo com as filhas adultas e um casamento desfeito, Ennie terminará seus dias sozinho outra vez com uma promessa.

A história é muito interessante, um tema polêmico e corajoso. A interpretação dos rapazes foi perfeita e nos faz pensar quantas outras histórias iguais a esta existem ou existiram. Algumas pessoas são mais corajosas, nos dias de hoje, de expor suas opções sexuais, mas é totalmente compreensível a posição de Ennie para aquele tempo.

Infelizmente o filme não está disponível no Netflix. Não sei qual motivo, mas acho que deveria fazer parte da grade sim. Eu adorei a história, tanto que já é a segunda vez que assisto. O único lugar online que consegui assistir foi aqui neste link. Uma história que mostra que o amor de verdade pode existir entre as menores e mais improváveis situações da vida das pessoas independente de opção sexual.

Mas se você também gosta de colecionar DVD's ou Blu-Ray, o filme está a venda nos links abaixo indicados.

DVD, clique aqui, na Saraiva
Blu-Ray, clique aqui, na Saraiva

OUÇA a trilha sonora de Brokeback Montain aqui

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!