24 de julho de 2016

FILME - COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ



COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ

Rico e bem sucedido, Will (Sam Claflin) leva uma vida repleta de conquistas, viagens e esportes radicais até ser atingido por uma moto, ao atravessar a rua em um dia chuvoso. O acidente o torna tetraplégico, obrigando-o a permanecer em uma cadeira de rodas. A situação o torna depressivo e extremamente cínico, para a preocupação de seus pais (Janet McTeer e Charles Dance). É neste contexto que Louisa Clark (Emilia Clarke) é contratada para cuidar de Will. De origem modesta, com dificuldades financeiras e sem grandes aspirações na vida, ela faz o possível para melhorar o estado de espírito de Will e, aos poucos, acaba se envolvendo com ele.


NOTA SOBRE O FILME:

Como eu era antes de você é o novo sucesso nas telonas dos cinemas neste ano de 2016. Um dos filmes mais aguardados também. O filme é totalmente baseado no livro, também de mesmo título, da autora Jojo Moyes. Sou totalmente suspeita para falar a respeito dessa história porque nas duas vezes que eu li este livro me acabei de chorar e ao ver o filme, também não foi diferente.

Tentei não apegar aos detalhes, ao que o filme deixou de mostrar, mas sim na mensagem que ele nos passou e do quão perto da história meus olhos puderam chegar. Quando li a história não conseguia ter essa visão dos lugares e tampouco consegui descrever como eram fisicamente as pessoas, mas o que eu notei foi que no filme eles conseguiram retratar muito bem os personagens.

A Lou deu mesmo um show de interpretação e o desfile de seus modelitos foi realmente incrível. Will conseguiu passar muito bem a ideia do que uma pessoa em sua condição sofre e os demais personagens só ajudaram a dimensionar tudo isso. Existem muitas críticas rolando sobre o tema, vi até mesmo manchetes de deficientes físicos criticando o filme, mas nem me dei ao trabalho de ler porque não é esse o objetivo.


A gente já sente vontade de chorar só com o triller do filme. Quem não leu o livro ou quem ainda não viu o filme não sabe o que está perdendo. Muitas pessoas que não haviam lido o livro agora, ao ver o filme, estão se dedicando a leitura e isso é incrível.


"Sabe de uma coisa, Clark? Você é a única coisa que me faz querer levantar de manhã"

Talvez se o Will não tivesse sofrido aquele acidente e ficado preso em uma cadeira de rodas ele continuaria sendo um playboy como outro qualquer. Talvez se Will não tivesse conhecido Lou ele teria continuado a ser aquele sujeito sem perspectivas em uma cadeira de rodas esperando o prazo estabelecido com seus pais, mas tudo tem uma razão de ser... Will aprendeu muita coisa com Lou e ensinou-a muitas coisas também, dentre elas, se apaixonar... 

Não há muito o que se falar deste filme sem dar spoiler, mas se você ainda não viu, veja... apaixone-se por esta linda história de amor e coragem... Ainda nos cinemas, mas em breve, em DVD e Blu-Ray <3

Leia a resenha do livro aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!