23 de julho de 2016

FILME - BATMAN VS SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA


FILME: BATMAN VS SUPERMAN: A ORIGEM DA JUSTIÇA


O confronto entre Superman (Henry Cavill) e Zod (Michael Shannon) em Metrópolis fez com que a população mundial se dividisse acerca da existência de extra-terrestres na Terra. Enquanto muitos consideram o Superman como um novo deus, há aqueles que consideram extremamente perigoso que haja um ser tão poderoso sem qualquer tipo de controle. Bruce Wayne (Ben Affleck) é um dos que acreditam nesta segunda hipótese. Sob o manto de um Batman violento e obcecado, ele investiga o laboratório de Lex Luthor (Jesse Eisenberg), que descobriu uma pedra verde que consegue eliminar e enfraquecer os filhos de Krypton.

NOTA SOBRE O FILME:


Bom, mais uma vez tenho que confessar que este é o tipo de filme que eu jamais assistiria se não tivesse o amor da minha vida interpretando um dos super-heróis mais aclamados do mundo. Digo isso porque nunca tive mesmo interesse nessas histórias de quadrinhos, o que sempre considerei algo mais pertencente ao universo masculino, mas como nossa querida Warner Bross não é boba nem nada, ela escolheu ele mais uma vez para interpretar o homem de aço.

Recebi ontem a mídia em Blu-Ray. Dei-me ao luxo de investir R$ 90,00 no produto. Esta edição é composta por três mídias. Uma com a versão do cinema em 2D (compatível com qualquer aparelho leitor de blu-ray e qualquer tv), outra com a mesma versão do cinema só que em 3D (compatível apenas com leitores e tv 3D) e a terceira mídia em 2D chamada de edição definitiva. A diferença entre a versão cinema e a versão definitiva é que na definitiva você ganha 30 minutos a mais de filme e sim, como assisti as duas versões consegui captar esses 30 minutos a mais, que na verdade são cenas que foram "retiradas" ao londo do filme na edição cinema. Essas cenas não alteram o entendimento do filme, mas não deixam de ser um "plus". Creio talvez que o que tenha passado no cinema tenha sido a versão chamada de definitiva sim, pois algumas cenas que percebi que foram reduzidas foram bem comentadas por quem viu no cinema. Dentre estas cenas está a cena do delicioso Clark Kent fritando ovo sem camisa (um espetáculo para o público feminino) e a cena dele com Louis Lane na banheira (novamente deixando a mulherada em frangalhos).

Acho legal essa pegada mais sensual na história, pois acaba de certa forma focando no público feminino. Ou vai me dizer que a direção do filme não sabe que o Henry Cavill é sem sombra de dúvidas o homem mais sexy e aclamado da atualidade (desde seu booom como Man of Steel) e também o próprio Ben Afleck (que tem seu charme).

Toda divulgação do filme girou em torno de um confronto entre os dois super-heróis, Sim, o confronto entre eles acaba existindo e a briga realmente é muito boa, mas existe um motivo por trás disso, algo do ponto de vista de cada um dos heróis. Eles não brigam apenas por espaço ou para provar quem é o melhor, mas sim, por uma questão que acontece no desenrolar da história. Aliás, no meu entendimento, Batman era quem mais tinha sede de briga com Superman porque tudo o que foi plantado de alguma forma para denegrir a imagem de Superman acabo induzindo-o a tais julgamentos. O desfecho dessa briga é até interessante, pois apesar de heróis, cada um possui suas fragilidades e foi nesse ponto que o inimigo armou contra eles, mas acabou não sendo convincente. Creio que essa parte poderia ter sido melhor trabalhada, ou melhor, melhor escrita.

A Mulher-Maravilha pra mim é que ficou meio fora dos padrões. Não sei explicar bem ao certo o que senti com relação a ela, mas o fato é que ela não me convenceu muito como heroína, não pelo menos nesse filme, quem sabe talvez no próximo.






Apesar de ser apaixonada pelo Henry, tiro meu chapéu para o Ben Afleck em sua interpretação, pois ele incorporou muito bem o bendito homem morcego e toda sua sombria personalidade. 

Jese Eisenberg, apesar de interpretar o odiado Lex Luthor deu um show a parte. O cara consegue ser insano, consegue ser engraçado, consegue manter o ar inofensivo e ser um verdadeiro monstro. sua inteligência vai além das forças dos super-heróis, porque ele sabe exatamente com quem está lidando. Ele sabe tudo sobre Clark Kent e Bruce Wayne enquanto ambos precisam se dar conta de quem é realmente o cara e tudo o que ele está por trás.

Mas vocês devem estar esperando eu falar sobre quem venceu a luta. Bem, não posso dizer é claro, mas posso dizer que o final não era bem como eu esperava que fosse, tanto que assisti o filme de novo pela segunda vez em menos de 12 horas de intervalo para ter certeza que foi aquilo mesmo que eu vi da primeira vez.


Vale muito a pena assistir, mesmo para quem não curte o gênero.

Ele claro, roubou meu coração mais uma vez. Foi exatamente o que eu esperava que ele fosse, um super herói lutando para defender seu "novo mundo" e mais lindo e mais apaixonado do que nunca. Sortuda da repórter que se deu bem ao ganhar o coração do bonitão. Um dia eu chego lá! Não posso falar mais nada sobre o que senti senão vou revelar todo filme aqui.





Abaixo vou deixar os links para quem quiser comprar o filme e colecionar assim como eu, lembrando que basicamente é o mesmo filme, porém, como é sabido, logo mais os DVD's estarão sendo abandonados como foram as antigas fitas VHS, então, de repente vale mais a pena investir lo blu-ray do que no dvd apesar da diferença de preço ainda ser considerável.

ONDE COMPRAR O FILME:

DVD

Saraiva, clique aqui, R$ 39,90 (em 23/07/2016)
Submarino, clique aqui, R$ 39,90 (em 23/07/2016)
Americanas, clique aqui, R$ 39,90 (em 23/07/2016)

BLU-RAY

Saraiva, clique aqui, R$ 89,90 (em 23/07/2016) - edição especial (em 23/07/2016)
Submarino, clique aqui, R$ 69,90 - edição simples (2 discos) (em 23/07/2016)
Americanas, clique aqui, R$ 69,90 - edição simples (2 discos) (em 23/07/2016)

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!