16 de março de 2016

LIVRO - DEPOIS DE VOCÊ - JOJO MOYES

DEPOIS DE VOCÊ - JOJO MOYES

Quando uma história termina, outra tem que começar.

Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.

Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.

Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Confesso que comecei a ler este livro sem o menor preparo psicológico, mas o meu lado masoquista dizia que eu precisava encarar esse medo de frente. Como eu era antes de você foi um dos livros mais sofridos que já li. Um dos livros que mais chorei com o final e que vira e mexe me pego pensando se o final foi mesmo aquele. Certa de que nunca mais leria nada desta autora, eis que surge a continuação da história de Lou e de Will. Meu medo a cada página era de descobrir quem seria a pessoa do passado de Will que surgiria e confesso que jamais pensei que seria essa tal de Lilly.

Tirando as poucas partes que me emocionei ao ter o personagem Will Traynor citado e lembrado, digo que de um modo geral o livro é chato e cansativo. Prova disso é que comecei a ler essa história no dia 27/02/2016 e só terminei hoje, dia 16/02/2016. Quando Lou relata a falta que ela sente de tocar os botões da camisa macia, de tocar os fios de cabelo sedosos de Will é que me emocionei. 

Após quase dois anos do falecimento de Will, a Lou continua sendo uma garota perdida, sem foco, sem objetivo e que ainda deixa que todos façam dela gato e sapato e que lhe digam coisas que ela não é capaz de retrucar. Ela acaba sofrendo um acidente estúpido que a fez voltar para a casa dos pais até estar melhor e onde todos a olham com olhos de piedade e desconfiança, porque a situação os levam a pensar que ela tenha tentado o suicídio. A preocupação é tanta que o pai acaba forçando-a de forma quase imperceptível a participar de um grupo de apoio para pessoas em luto. 

Lou está sempre adiando a sua vida em prol de "ajudar" os outros. Ela se anulou anos em um relacionamento com Patrick (o babaca), depois se dedicou a "cuidar" de Will e agora, para piorar a sua situação, surge essa tal de Lilly para fazer de sua vida uma verdadeira bagunça. Porra Jojo Moyes, que merda é essa? Tem certeza que essa foi a forma mais inteligente que você encontrou de resgatar a memória do Will? Na minha opinião, se fosse pra fazer isso teria sido melhor deixá-lo vivo...

Acho que nós leitores temos que aprender uma coisa: certas historias são únicas e não devem de modo algum ter nenhum tipo de continuação e "Como eu era antes de você" é uma dessas histórias para a gente guardar na memória e alimentar a própria imaginação.

Alguém diz a Lou que ela tem "complexo de salvadora" e é verdade. A família dela continua sendo um pé no saco, a mãe entrou numa de "ter seu espaço", o pai vive se lamentando e a irmã continua sendo uma garota mimada, folgada e espaçosa que só pensa em si. Nunca ninguém pode contar com ela porque ela está simplesmente fazendo sua vida e não pode colaborar com nada, muito menos com grana. Quem salva a pátria é Sam, o paramédico. Ele é um bom partido, embora não seja rico e se apaixona por Lou, que desta vez tem a chance de se dar bem no amor e seguir sua vida a diante. Quer dizer, se dar bem emocionalmente, se refazer, seguir em frente depende totalmente dela.

A mãe de Will perdeu um pouco daquela austeridade e o pai se transformou em um velho babão. Não tiro a razão dele refazer sua vida ao lado de outra pessoa, afinal, lembramos que no primeiro livro, o casamento com Camila Traynor só continuou devido ao acidente de Will, mas acho que a autora poderia ter parado por ai. Steve e Della apenas.

Conclusão: Eu esperava um pouco mais dessa história, esperava uma outra Lou, com outro comportamento, mais decidida e que principalmente, não passasse o livro todo se sujeitando a um trabalho medíocre de atendente de um bar de aeroporto, não pelo trabalho, mas pelo chefe babaca que ela tinha. Imaginei que o que Will lhe deixou que ela teria investido mais em si do que em nada... no entanto, para os fãs de "Como eu era antes de você", que por sinal está prestes a lançar nos cinemas, vale a pena ler e tirar suas próprias conclusões.


ONDE COMPRAR O LIVRO:

Saraiva (digital), clique aqui - R$ 24,90 em 16/02/2016
Saraiva (impresso), clique aqui - R$ 27,90 em 16/03/2016
Americanas, clique aqui - R$ 31,92 em 16/03/2016
Submarino, clique aqui - R$ 31,90 em 16/03/2016

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!