13 de março de 2016

FILME - A OUTRA


A OUTRA

Ana e Maria são irmãs que foram convencidas por seu pai e tio ambiciosos a aumentar o status da família tentando conquistar o coração de Henrique Tudor, o rei da Inglaterra. Elas são levadas à corte e logo Maria conquista o rei, dando-lhe um filho ilegítimo. Porém isto não faz com que Ana desista de seu intento, buscando de todas as formas passar para trás tanto sua irmã quanto a rainha Catarina de Aragão.


NOTA SOBRE O FILME:


Este filme trata da história das irmãs Ana e Maria Bolena. Algumas coisas acontecem um pouco diferente do que foi apresentado na série The Tudors, mas a essência é praticamente a mesma.

Catarina Aragão, a então rainha da Inglaterra não foi capaz de gerar um filho homem com Henrique VIII e como era de praxe, nessas situações, o rei sempre buscava "se divertir" com alguma nova mulher. O ambicioso Duque de Norfolk, irmão da mãe de Ana e Maria comenta com Thomas Bolena, pai das meninas, que precisa arrumar uma mulher para divertir o rei e decidem juntos que esta mulher será Ana Bolena, já que Maria acabou de se casar.

Ana, uma garota ambiciosa e convencida de sua beleza, vê sua chance de se dar bem, no entanto, o rei se encanta por Maria e exige que ela siga para a corte como "dama de companhia" da rainha. Lógico que ser dama de companhia da rainha significa ser a amante do rei. Já na primeira noite juntos, Henrique é muito carinhoso com Maria e acabam se apaixonando, até que Maria engravida. Como a gravidez é de risco, Maria precisa passar a gestação em repouso. Para não perder a chance do rei se interessar por outra, Thomas acaba agindo de forma a aproximar Ana do rei novamente. 

Ana finge-se de pura, de apaixonada, de inocente até deixar o rei completamente louco para possuí-la. Catarina que não é nada boba, percebe o jogo da garota e lança suas farpas. Enlouquecido de raiva e desejo, Henrique acaba estuprando Ana, que consegue tornar-se rainha. Ela foi capaz de ferir e magoar a própria irmã em pro de seu orgulho e seu desejo de ser superior. O que ela não contava é que sua primeira gravidez traria ao mundo uma filha mulher, Elizabeth, que anos depois viria a se tornar a sucessora do trono do rei. Gravida pela segunda vez ela acaba abortando e arma toda uma situação que acaba por destruir completamente sua reputação perante ao rei. Seu tio, o ambicioso Norfolk não é capaz de defendê-la.

O filme estreou em 2008 e recentemente foi adicionado ao catálogo do Netflix, então, se você é um assinante, não perca tempo e assista agora mesmo (se possível) essa história fascinante. 

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!