23 de junho de 2015

SÉRIE - REAL - REAL - #01 - KATY EVANS


SÉRIE REAL - REAL - LIVRO 01 - KATY EVANS

Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real.
Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar.
O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos.


NOTA SOBRE O LIVRO:

Confesso que quando eu comecei a ler este livro eu pensei: "Poxa, mais uma história em que o cara é um lutador e se apaixona pela mocinha que estava assistindo a luta. Pode isso, produção?" Foi impossível não relacionar este livro com "Belo Desastre", pois fazia pouco tempo que eu havia lido a história de Travis Maddox, mas, ao avançar na leitura acabei simplesmente me apaixonando por um garoto transtornado e uma garota perturbada, sem contar que ela tinha uma necessidade absurda de salvar a irmã que estava envolvida em problemas e também de salvar o próprio homem pelo qual se apaixonou.

Por trás daquela porção de músculos, por trás daquele universo de lutas, de desafios, de brigas e desafetos havia um cara extremamente apaixonado e extremamente zeloso. Por mais que ele não demonstrasse claramente seu lado humano e sensível, no fundo, Remy era o melhor ser humano dentre todos aqueles que o cercavam. O lado negro da história também acaba sendo interessante, pois o cara não é só mal, ele é o próprio cão em forma de gente. Scorpion era o pior inimigo de Remy e certamente você irá odiá-lo tanto quanto eu odiei.

Brooke Dumas era uma ex-atleta que encontrou na fisioterapia um novo rumo para sua vida. Ela era especializada em recuperar atletas e se dedicava para que eles pudessem chegar até onde ela não havia conseguido. Naquele dia ela acompanhou a sua melhor amiga e foi assistir a uma das lutas do circuito clandestino de boxe, onde o maior astro era Remington. Ela não admitiu, mas assim como todas as mulheres presentes, também não conseguiu resistir a sensualidade que Remington exalava.

Remy contratou-a como sua fisioterapeuta de forma que ela integrasse à sua pequena equipe e viajasse com ele pelo país, acompanhando-o em cada luta. Por trás de um falso desinteresse, tudo que ele queria era ter Brooke por perto com a garantia de que ela não fosse embora quando tudo ficasse ruim. Ele teve uma infância difícil, sem nunca ter recebido o amor e carinho de seus pais e isso era o que Remy mais precisava. Tudo o que ele vivenciou contibuiu para que ele se transformasse em um homem fechado, arredio e com muitos problemas de se expressar, então, a única forma que ele tinha de dizer o que sentia era através das músicas. Tanto não sabia se expressar que ele precisou agir como agiu para mantê-la por perto.

Conviver diariamente e ainda precisar massageá-lo após os treinos e lutas era uma tortura sem tamanho, pois um simples toque era o suficiente para derretê-la e fazê-la pensar em coisas que ela jamais havia pensado antes... com ninguém. Para deixá-la ainda mais confusa, Remy a comia com os olhos, mas negava todo e qualquer contato maior entre eles, com medo de todos os seus fantasmas, mas isso ela não sabia. Brooke era uma guerreira, uma garota corajosa que estava tentando dar um rumo à sua vida depois de ser afastada das pistas. A equipe de Remy era sua família e era formada por seu treinador, sua nutricionista e seus seguranças Pete e Riley. Eles estavam sempre presentes e prontos para afastá-lo de tudo que fosse prejudicial ao lutador, mas acima de tudo, eles eram seus amigos. Nota-se que eles possuíam uma relação de amor e ódio com a Brooke, por tudo que ela era para Remy, mas se eu contar agora acabo revelando muitas coisas!

Lembram quando eu disse que Remy era um dos melhores seres humanos? Então, em nome do amor que ele sentia por Brooke ele tomou uma atitude, uma decisão, algo que certamente o devastou e esse para mim foi o ponto alto da história. Foi quando Remy ganhou todas as estrelas que eu poderia dar ao seu personagem. Ele demonstrou que por trás de um "troglodita" existe um coração e um homem extremamente apaixonado.

Nos próximos dias o quarto livro da série Real já estará nas livrarias. Na cronologia teremos:

1) Real
2) Meu
3) Remy
4) Devasso

Eu li apenas o primeiro livro, mas tenho todos os outros já na biblioteca e na lista de leituras. Aos poucos estou tentando colocar as leituras em dia, mas confesso que está muito difícil, pois a cada dia surgem mais livros interessantes e eu estou enlouquecendo... assim como você! Então, bem vindo(a) ao clubinho e vamos ler porque esse é o melhor vício e melhor cura!


ONDE COMPRAR O LIVRO:





0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!