9 de junho de 2015

LIVRO - A PROBABILIDADE ESTATÍSTICA DO AMOR À PRIMEIRA VISTA - JENNIFER E. SMITH

A PROBABILIDADE ESTATÍSTICA DO AMOR À PRIMEIRA VISTA - JENNIFER E. SMITH


Com uma certa atmosfera de "Um dia", mas voltado para o público jovem adulto, "A probabilidade estatística do amor à primeira vista" é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta ao seu lado em uma viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.



NOTA SOBRE O LIVRO:

E viajando na linha de mais um romance "New Adult", que tal conhecer um pouco da história de Hadley e Oliver? Então, antes de falar sobre o livro, quero apresentar uma mensagem muito interessante e que serve para cada um de nós no nosso dia a dia independente do que nos cerca...



O VALOR DO TEMPO
Para entender o valor de um ano:
Pergunte a um estudante que não passou nos exames finais.

Para entender o valor de um mês:
Pergunte a uma mãe que teve um filho prematuro.

Para entender o valor de uma semana:
Pergunte ao editor de uma revista semanal.

Para entender o valor de uma hora:
Pergunte aos apaixonados que estão esperando o momento do encontro.

Para entender o valor de um minuto:
Pergunte a uma pessoa que perdeu o trem, ônibus ou avião.

Para entender o valor de um segundo:
Pergunte a uma pessoa que sobreviveu a um acidente.

Para entender o valor de um milissegundo:
Pergunte a uma pessoa que ganhou uma medalha de prata nas olimpíadas.

O tempo não espera por ninguém. Valorize cada momento de sua vida. 
Você ira apreciá-los ainda mais se puder dividi-los com alguém especial. 

Hadley perdeu o voo que a levaria até Londres por apenas quatro minutos e isso seria cômico se não fosse trágico, já que com isso ela não poderia comparecer com antecedência ao horário do casamento do seu pai, então, só lhe restou esperar pelo próximo avião. No voo seguinte ela conheceu Oliver, que também estava à caminho de Londres, um rapaz tímido e misterioso, à primeira vista, mas que se revelou uma grande companhia nas sete horas de viagem. Hadley, que sofria de claustrofobia, apoiou-se em Oliver, que com a sua conversa tentou distrai-la de seu pânico de estar em um avião. 

Até metade do livro o que vemos é o surgimento de uma amizade entre estes dois adolescentes. Hadley viajava para ir ao casamento do pai que não via há mais de um ano e tampouco conhecia Charlotte, a sua futura madrasta. Oliver afirmou que também iria a um casamento, mas numa localidade diferente, por isso era impossível comparecerem ao mesmo evento.

Quando o avião pousou, a despedida foi necessária e em um ato impulsivo os jovens se beijaram e se separaram. Não houve promessas, nem trocas de telefone, e-mail e tampouco revelações de apelidos. Apenas sabiam-se os respectivos nomes e a certeza de que de alguma forma estavam apaixonados. Cada um seguiu seu caminho e passamos a acompanhar Hadley que mesmo atrasada, chegou ao casamento, mas não se sentia bem, pois tudo o que conseguia pensar era em Oliver e em uma forma de encontrá-lo.

Ponto número um: A autora apresenta na personagem de Hadley uma jovem que não sabia como lidar com a separação dos pais, a lembrança dos dias de dor e raiva tanto dela quanto da mãe e mais, da raiva que sentia por seu pai seguir com sua vida e agora estar prestes a se casar novamente.

Ponto número dois: Oliver era um garoto que tentava demonstrar uma força que ele não tinha, uma dor que o incomodava e um sentimento que ele tentava não mostrar. Ele entendeu que já bastava a dor que Hadley estava sentindo, então, tudo o que ele quis foi ser um porto seguro, de alguma forma, para ela. Bem, isso é tudo o que posso dizer sobre ele, pois, se eu entrar demais no âmbito de seu personagem, terei que revelar o motivo verdadeiro da viagem de Oliver e principalmente, o que aconteceu depois do beijo e isso certamente vocês não querem que eu estrague.

Eu recomendo esta leitura, que é muito gostosa!


ONDE COMPRAR O LIVRO:



P.S. Dedico esta leitura à uma amiga leitora, a Simone Resende Botelho, pois foi por causa dela que me recordei deste livro que havia lido há um tempão atrás, de quando ainda nem tinha o blog!!


1 comentários:

simone resende botelho disse...

Obrigada Fê pelo carinho e assim que tiver jeito vou ler esse livro. Valeu pelo carinho minha Flor...

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!