17 de janeiro de 2015

LIVRO - ENTRE O AMOR E O SILÊNCIO - BABI A. SETTE


ENTRE O AMOR E O SILÊNCIO - BABI A. SETTE

Francesca Wiggs sofreu uma grande decepção amorosa e, desde então, está decidida a não se relacionar mais. Além de se dedicar a escrever o seu livro, ela resolve preencher os dias com um trabalho voluntário – a leitura para pacientes em coma proporcionaria para ela a distância para problemas com o coração. No entanto, um grande imprevisto ocorre quando ela passa a se sentir atraída pelo paciente. Mitchell, descrito como um poderoso magnata, seria a antítese de tudo o que ela busca em um homem... se não estivesse em coma. Precisar de alguém inconsciente seria um absurdo, não seria? Amar uma pessoa que nunca responde parece loucura! Francesca já havia entendido e sentia-se quase segura diante disso. Mas, e se Mitchell acordasse? A aproximação desses personagens tão diferentes revela um romance encantador e divertido, repleto de reviravoltas. Entre a vida e a morte, a ilusão e a realidade, o amor pode ser realmente o milagre que faz tudo mudar?


NOTA SOBRE O LIVRO:

Esta leitura eu quero dedicar à minha amiga Soso Roch, pois foi por recomendação dela que cheguei até esta pérola. Você também pode curtir e seguir a FanPage Oficial do livro, que já tem mais de 12 mil curtidas. Este é um dos livros mais aclamados e recomendados pelos leitores vorazes nos últimos meses. Digo sem medo de errar que ele te oferece uma emoção incomparável e indescritível, pois trata-se de uma história de um amor praticamente impossível, mas muito verdadeiro e emocionante, sem contar que ele fará você refletir sobre vários aspectos da vida cotidiana dos personagens sem nem se dar conta! 

Infelizmente eu não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente a autora durante a Bienal do Livro em São Paulo no ano de 2014, mas tenho esperanças de qualquer dia desses poder encontrá-la e garantir abraços de agradecimento pela linda história e um autógrafo no meu livro. Aliás, vale ressaltar que o livro esteve esgotado diversas vezes nas livrarias, tamanho é o sucesso dele. É tão satisfatório quando vemos um trabalho tão bem feito ser assim reconhecido. Isso é para provar que nem tudo em nosso país é ruim e agarrada a tal pensamento, acredito que um dia ainda teremos um país bem melhor, a começar pelas pessoas que se renderão cada vez mais ao prazer e ao amor que encontramos nas leituras, nas histórias e também em nossos autores. E já que o assunto é valorização, acrescente esta leitura em sua estante no Skoob e depois, é só escolher se você quer ler esta história no formato impresso ou no formato digital. No formato digital você pode comprar diretamente pela Amazon, mas o formato impresso está esgotado por enquanto e a segunda edição sairá somente em Março/2015, mas certamente você encontrará a venda na Saraiva, que explodiu de vender e certamente repetirá a dose!

Bem, Francesca (Francie) é uma jovem de 26 anos e sua vida sempre foi marcada por perdas e decepções. Quando criança foi abandonada pelo pai, que até constituiu uma nova família, nunca mais deu sinal de vida, nem mesmo nas vezes em que Francie tentou procurá-lo ele foi digno de atendê-la e desta forma, ela acabou colecionando decepções e amarguras. Aos 16 anos de idade teve sua segunda decepção com o sexo masculino. O namorado simplesmente a traiu, deixando na garota uma nova marca da traição e abandono. Com isso, Francie aprendeu desde nova a "matar" as pessoas que lhe causam dores. Agora aos 26 anos, Francie simplesmente flagrou o namorado Vincie transando com uma atriz da mesma turma de teatro.

Mitchell é um poço de frieza e obstinação, já que desde que era criança fora negligenciado pela mãe e doutrinado pelo pai para que um dia fosse um grandioso empresário. Mitchell fez tudo muito bem feito e hoje é muito mais do que um grandioso empresário. No ápice de sua carreira acabou sofrendo um acidente de grandes proporções que o levou ao estado de coma. É neste momento que a vida de pessoas tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais se cruzam. Uma é movida pelos sentimentos e o outro é movido pela razão. A somatória de todas as características com os fatos vividos por ambos, transformou tanto Mitchell quanto Francie no que são hoje.

O hospital em que Mitchell foi internado criou um programa de leitura para pacientes em coma e Francie acabou se inscrevendo neste programa como voluntária apenas para ocupar o tempo e fazer algo diferente do que estava habituada, simplesmente como um refúgio. O programa visava humanizar situações onde os pacientes em estado de coma pudessem ter algum tipo de cuidado especial, uma vez que alguns deles encontravam-se "esquecidos" pelos parentes e familiares. O objetivo de Francie era apenas ler para aqueles paciente, mas ela acabou se afeiçoando com Mitchell, que apesar de ser extremamente conhecido e bem conceituado, no seu universo não passava de um ilustre desconhecido. Somente aos poucos, quando ela passou a se envolver demais com sua condição, é que ela acabou "estudando" sobre a vida de Mitchell e passou a saber mais a seu respeito. Francie fez deste programa a sua oportunidade para poder lamber as próprias feridas, pois apesar de se manter firme diante das insistências de Vince em obter o perdão, para Francie tudo ainda era extremamente doloroso. O que Francie não contava era que se apaixonaria pelo paciente em coma, com quem inicialmente passaria apenas algumas horas e agora, encontra-se obstinada em recuperá-lo, a buscar alternativas de melhora e resposta para suas dúvidas.

Dentro do contexto da história de Francesca e Mitchell, você vai encontrar partes do "livro" que Francie está escrevendo e agora, lendo para Mitchell. O livro de Francie apresenta cartas (como se fossem contos) que foram guardadas dentro da chamada "caixa da falta". A caixa recebeu este nome porque as histórias contidas nas cartas relatam como a "falta" os impulsionou, destruiu ou fez superar limites. É como se os autores destas cartas ressaltassem aquilo que eles sentiam falta de ter realizado. Uma forma interessante de fazer com que a história não caia na mecânica de apenas contar como Francie e Mitchell se conheceram, como ela se apaixonou e o que que vai acontecer quando ele acordar e se ele acordar. Uma forma de vermos como o inusitado pode ser surpreendente.

Não posso deixar de comentar que o livro é extremamente rico em detalhes. Os relatos da autora Babi são muito bem explicados. Não só na questão da descrição dos lugares, mas também quanto aos detalhes médicos que envolve o quadro de saúde de Mitchell e quanto às consultas com a Dra Miranda, que é a Psicóloga de Francie. A autora te prende na história e você viaja naqueles lugares todos, nos sentimentos explícitos e fica querendo mais e mais a cada uma das 527 páginas lidas. A narrativa é feita em terceira pessoa e você consegue ter a percepção de cada sentimento envolvido na trama. Particularmente gosto muito mais da narrativa em terceira pessoa. Tenho a sensação de que a história está sendo contada de forma imparcial e você acaba entendendo sempre a versão dos fatos e dos sentimentos de cada personagem sem que cada um precise ter o seu momento adequado para se justificar. É como se fosse simultâneo.

" - Será que você é capaz de entender como transformou a minha vida? - Beijou a testa e prosseguiu: - Como me sinto quando estou aqui ao seu lado? - Beijou a destacada maçã do rosto e sussurrou: - Acorde, Mitchell. - Deu um beijo na ponta do nariz. - Volte para mim."

É chegado o momento de Mitchell acordar... após três meses de coma finalmente ele começa a acordar. Para Francie foi a melhor notícia que poderia ter recebido! Seria a melhor se Mitchell simplesmente lhe tratasse com um pouco mais de cordialidade. Ele sente como ela mexe com ele, mas claro que não se dá conta da intensidade, dos motivos e simplesmente banca o maior imbecil da face da terra. Tudo que Francie fez por ele, todo amor e dedicação são simplesmente jogados pelo ralo da prepotência, da arrogância e da frieza. No entanto, analisando friamente o comportamento de Mitchell, é altamente compreensível que ele agisse desta forma, a final, Francie é uma completa estranha para ele. Foram 3 meses em estado de coma e conscientemente nunca houve nenhum contato dele com ela. Ele retorna do coma para retornar ao corpo, mesmo que fragilizado de antes bem como sua personalidade glacial.

O tempo passa gradativamente e Mitchell passa a ter sonhos estranhos (estranhos para ele), mas sua memória ou seu consciente não lhe dão as respostas esperadas e ansiadas. Os sonhos de Mitchell estão relacionados às histórias que Francie contou enquanto ele estava em coma, mas agora, ele não sabe, até porque, não deu a ela a oportunidade de contar. Para ele, a cena do último encontro com Francie no hospital não lhe diz nada, não lhe traz nenhuma recordação, mas os sonhos com os olhos verdes e aquela voz estão sempre presentes em suas noites de sono. Ele não consegue relacionar uma coisa com outra. Para Francie tudo foi muito doloroso. Doeu a rejeição, doeu o tempo que passou e tudo que teve que fazer para tentar esquecer, doeu simplesmente viver e ter que sobreviver. No entanto, mesmo com todas essas dores, Francie não se tornou uma garota chata, resmungona e carente. Ela seguiu adiante com suas feridas, caiu na hora certa, se ergueu ao seu modo na hora certa. Engraçado como todos os acontecimentos não transformaram Francie em uma personagem limitada. Ao contrário, ela mostrou força e coragem para continuar enfrentando a sua vida. Tanto enfrentou que o livro finalmente ficou pronto e ela teve sua noite de autógrafos. Ela apenas não contava que depois de tantos anos, 27 precisamente, aconteceria o reencontro inesperado com o pai.

"Chegou quinze minutos depois da hora marcada, fora um atraso não planejado. Mas levado, alvez, por sua disposição em não querer mais esperar por Antônio, nem um único minuto que fosse."

Repito: É a vida que segue! Francie não fica se lamentando pelas "faltas" da sua vida. É a ausência de de Mitchell, o abandono do pai, a traição de Vince... E Mitchell? Apesar das aflições que sente devido aos sonhos que tem tido nos últimos tempos também segue sua vida profissional com a máxima qualidade. Aliás, a autora Babi lida com muita propriedade com o tema profissional de Mitchell. Ela conduz de forma muito eficiente toda a temática, os problemas, as adversidades e faz você se sentir em um mundo real.

"Somos o resultado das nossas escolhas e das escolhas daqueles que estão junto de nós."

Francie (gosto desta forma carinhosa) consegue ser muito madura diante daquele que tanto esperou na vida. O pai. Quando este encontro acontece, ela é capaz de ouvir suas justificativas e expõe os seus sentimentos, suas frustrações e suas vitórias com muita maturidade, com dignidade. Ela não precisa rastejar, nem tampouco fazer drama mexicano. Não há chantagem emocional por parte dela para fazer com que Antônio, o pai, sinta-se culpado pelo abandono e achei legal também que o pai não se fez de vitima. Ele apresentou suas explicações sem cobrar nada também! Maturidade de vários lados conduzem uma história mais agradável!

"Talvez fosse melhor assim, que aquilo que nunca tenha sido fosse deixado deste mesmo jeito como estava, sem ser. Fora da gravidade da sua existência. Existem faltas e mágoas que podem ser superadas, mas que em definitivo, não podem ser resgatadas e não são esquecíveis."

Será que agora começa um novo ciclo na vida de Francie?
Sim, pois Francie precisou fazer uma viagem para a Taormina/Itália, onde receberia algo que lhe pertencia. Vale ressaltar novamente que a vida sentimental de Francie não anda muito bem das pernas ou como ela compara, parece uma montanha russa. Vince de vez em quando surge e apesar de ele tê-la traído, fica subentendido nas entrelinhas que ele a ama, enquanto o que Francie tem por ele é uma atração, é apenas o desejo sexual e de vez em quando rola um flashback. O problema é que todas as vezes Francie fica transtornada porque para ela não passa de uma noite de sexo, mas Vince sempre acaba fazendo isso quando declama seus sentimentos, deixando-a abalada. Aproveitando o tema, apesar de ter algumas cenas de sexo na história, este não é um livro erótico. É uma história que fala sobre amor, paixão, perdas, abandonos e dentro de todo esse contexto ainda tem um cenário político/empresarial muito bem detalhado como poucas vezes vi na literatura.

E qual será a reação de Mitchell?
Bom! É difícil não causar spoilers em algumas situações, mas o fato é que Mitchell ficará chocado e irritado ao se deparar com um livro cujas histórias falam exatamente das cenas dos seus sonhos, até que a ficha cai e ele se dá conta que aquela garota que ele expulsou do hospital é a "escritora". Ele s e recorda dela ter dito que era voluntária e que lia histórias para ele todos os dias enquanto ele estava adormecido. Agora, Mitchell precisará fazer uma escolha: Ir ou não atrás de Francie! Como naquela música "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer...", então, Mitchell faz a sua hora e segue em busca da moça que povoa seus sonhos e que agora finalmente ele sabe não ter enlouquecido.

"Mas lá estava ele, absolutamente encantado com uma jovem de fantasia que usava um vestido de flores quase campestre, meio virginal. Mordia a ponta do dedo enquanto pensava. Tinha uma risada tirada de uma partitura e dançava descalça segurando uma colher de pau como microfone na cozinha."

Ahhhhhh, mas não se preocupem, pois nem tudo na história é só "seriedade". Quem tem uma amiga como Lilly (Olivia) e Tom, não amargará jamais na solidão, no abandono e muito menos deixará de sorrir. Lilly é a melhor amiga. Desbocada, despachada e completamente engraçada. Ela é o ombro amigo, o ouvido amigo, o colo amigo e as pernas amigas de Francie.

É impossível não se apaixonar por Mitchell e pelo seu empenho em conquistar Francie, pois para ele também é tudo muito estranho, no entanto, em Mitchell há uma certeza de que estar com Francie é algo muito bom e nunca vivido. Para Francie tudo isso é assustador, pois ela não tem como não oscilar entre a razão e a emoção. Por seu histórico e por tudo que aconteceu lá atrás, é claro que ela tem que temer, mas até neste momento, no momento em que Mitchell coloca as cartas na mesa, o leitor se derrete, pois a cena é realmente linda, encantadora e apaixonante. Nada como amar na Itália...rsrsrs

"Eu sonho com você há um ano, eu espero você há uma eternidade." (Mitchell)

Ploft! Ploft! Ploft!
Morrida!

Quer declaração de amor mais linda que essa?
Ahhhhhhhhhhh Sr. Mitchell, dedico a ti meus suspiros!

Necessidade, desejo, amor, paixão, descobrimento... Quanto mais você lê, mais você se envolve pela história e mais você deseja saber como tudo vai terminar, ainda mais agora que estão se descobrindo e se completando. Claro, nem tudo são flores, afinal, para duas pessoas tão diferentes e ao mesmo tempo tão iguais, o tempo que estão se "conhecendo" está sendo uma escola...

"Você se apaixonou por mim uma vez. Acho que foi mais fácil porque eu não estava lá, acordado, estragando as minhas chances."

Mitchell tem se esforçado e está empenhando muito bem o papel de homem apaixonado como ele
nunca havia sido em toda sua vida... E eu? Bem, eu estou apaixonada por esta história... O sentimento é tão intenso que nas últimas 200 páginas restantes já nem conseguia dormir direito, variando com a história e imaginando o que aconteceria, então, as 5:00 horas da manhã abandonei de vez o sono e me joguei nos braços desta história! O engraçado é que enquanto eu vou lendo fico bolando já o que vou poder escrever para mostrar para vocês como e porque vale muito a pena ler este livro! Outra confissão: Gente, eu juro que muitas vezes tento não imaginar o personagem na figura divina do homem que mais amo neste mundo, sim, ele, Henry Cavill, mas quando leio trechos da história em que a Francie fica enlouquecida pela barba dele, automaticamente a imagem das últimas fotos dele circulando pela net me fazem ter a visão perfeita do Irresistível Mitchell Petrucc! :-)

Para quem nunca se apaixonou antes, Mitchell está dando conta do recado direitinho. Ele é um homem envolvente, apaixonante, voraz e dono de um charme, de uma beleza e de um carisma estonteante. Mesmo com os predicados anteriores de que é um homem arrogante, frio, calculista, prepotente, quando ele se entrega aos sentimentos você simplesmente esquece que ele foi um bastardo e se joga aos pés dele.  Já estou na reta final da história, então agora creio que eu já tenha te convencido que esta história não pode faltar na sua estante e principalmente, que você tem que ler de toda forma e fazer parte do time das apaixonadas. Não resta dúvidas de que a autora Babi foi formidável o tempo todo e que surpreendeu positivamente todas as expectativas.

"- Estou te desenhando enquanto dorme. Caso você vá embora, eu terei guardada esta imagem... de alguma maneira."

MItchell... definitivamente você consegue fazer meu coração quase entrar em combustão, mas quem provoca tudo isso nele é Francie. A sortuda Francie que tem um efeito fenomenal sobre Mitchell e que sem esforço algum, sem bancar a chata e insistente, consegue arrancar do Deus Grego todas as confissões, todas as revelações sobre seu passado e sobre o que o tornou assim tão glacial... quer dizer, glacial até ela chegar e derreter toda geleira, pois é Francie quem detém o poder de transformar Mitchell, mesmo quando ele se perde em torno de si mesmo.

Está ai uma linda história de amor, uma linda história de amadurecimento e felicidade! Aquele tipo de amor que todos nós desejamos encontrar... sincero, real e concreto! Nem mesmo as adversidades, os erros podem destruir o amor que há entre um homem e uma mulher...

Termino esta leitura com uma ressaca tremenda, daquelas que sei que vou precisar de uns dias para recuperar as energias e limpar a mente, pois esta história se enraizou tanto em mim que até quando durmo, tenho sonhos com a trama. O livro é volume único e perfeito. Já estou com saudades e quero neste momento parabenizar a escritora Babi por tão lindo trabalho!

Agora só aguardarem os novos exemplares serem disponibilizados nas livrarias, mas quem não conseguir resistir, não esqueça que o ebook está disponível na Amazon!

OBS: Algumas imagens representativas do livro foram retiradas da fan page oficial do livro.












0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!