6 de novembro de 2014

LIVRO - UMA NOITE APENAS - BYA CAMPISTA



UMA NOITE APENAS - BYA CAMPISTA


Angelina Brooks não se prende a relacionamentos, vive um dia de cada vez. Felizes para sempre? Uma noite apenas é o suficiente, afinal, o que é uma mulher apaixonada se não um pé no saco? Angelina ama sua liberdade, sua casa, seu melhor amigo e seu uísque. Suas noites são festa, seu trabalho parte do seu DNA e sexo, o combustível que move sua vida. Evan King ou simplesmente doutor King, é um renomado médico que vive para o trabalho. Solteiro por opção, apesar de amar desafios, tem uma vida sem grandes emoções, até o momento em que uma paciente extremamente irritante e sexy - aparece em seu consultório. O que poderiam ter esses dois em comum além da atração e do desejo incontroláveis que sentem pelo outro? Será que uma noite apenas seria o suficiente para satisfazê-los?



NOTA SOBRE O LIVRO:

E eis que chega o Dr. Delícia e um vulcão chamado Angelina.

Faça parte do grupo de leitores que valorizam os talentos nacionais. Tenho certeza que você vai suspirar com o Dr. King e com a Angelina... Situações inusitadas, momentos quentes e divertidos também! Bem forte...
Bem forte... mais um slogan que certamente fará sua cabeça!
A Angelina é uma mulher que no primeiro momento te causa um grande impacto. Ela não é nada convencional. Logo em sua apresentação ela deixa claro que não está disposta a ter nenhum relacionamento com ninguém, que não acredita em "felizes para sempre", mas que adora tanto o sexo (graças à Deus) quanto sua liberdade. Ela também explica que embora seu passado tenha sido tenso (e isso vai ser explicado ao longo da história, então, nada de spoiler por aqui), diante de tudo que sua mãe viveu e diante de tantas mulheres que simplesmente se anulam em função de "um amor", nada disso tem peso sobre sua decisão. O que ela não contava era que o destino armaria uma peça em sua vida e a colocaria diante de um médico fodidamente quente, sexy e engraçado. O cara tem uma paciência de Jó para lidar com Angelina e é aqui que começa a nossa viagem de UMA NOITE APENAS!

Como eu disse anteriormente, Angelina não é nada convencional e nada recatada. Aliás, adoro seus desaforos, sua língua solta e tudo que ela fala sem ter a menor frescura! Ela é mesmo muito desaforada, principalmente em seus diálogos com Tray, o melhor amigo. Tray é assumidamente gay e eu adoro ele. Super gente boa, super descontraído e muito louco. Ele sabe exatamente quando e como domar a Angelina e suas tiradas são incríveis. Como melhor amigo de Angelina e por conhecer todo seu passado, assim que Angelina começa a reclamar de umas dores esquisitas no ombro ele simplesmente marca uma consulta com o melhor especialista de Nova York e nem se abala com o chilique de Angelina.

Dr. Evan King!
Puta que pariu! Isso é nome de gente? (palavras de Angelina)
Não galera, Dr. King não é gente... ele é um Deus Grego Egípcio Romano e tudo mais que você quiser! Angelina caiu do cavalo ao imaginar que o médico seria um velhote. Por mais que ela não queira dar o braço a torcer, outras coisas começariam a torcer entre suas pernas.

O Dr. King é um homem muito sexy, tem um olhar fatal, olhos incríveis e um ar de deboche que fode com os miolos de Angelina. Em sua consulta ele consegue deixá-la completamente embaraçada, o que para ela não é nada bom e muito menos normal. Ele não demonstra nenhum abalo diante de sua petulância. A consulta em sí já é de uma tensão sexual sem tamanho. Como Angelina não é nada fácil, em tudo ela já idealiza o ato além de ficar impressionada com a capacidade do médico. Todos os procedimentos médicos são realizados e nem por isso Angelina recua. Evan também tem sobre os ombros o peso de seu passado, mas isso é algo tão bem trabalhado pela autora que em nenhum momento você desconfia da carga emocional deste homem, que apesar do que teve que aguentar, não se tornou um "maníaco por controle completamente descontrolado".

E o cerco começa a fechar entre os dois.
É sabido que Angelina tem um gênio do cão, mas o Dr. King é um excelente adestrador de cães. O homem tem um jogo de cintura perfeito e sabe como desmontar essa mulher sem precisar dar um grito. O Tigrão chega, se espalha e se esparrama pelo mundo de Angelina e por mais que ela tente lugar contra esse desejo, os dois estão sempre ligados. Ela é teimosa e ele é persistente. Ela não imagina tudo que ele é capaz de fazer, por amor, por caráter e pela palavra empenhada.

Os diálogos são muito legais e as conversas são bem descontraídas, sem contar que a autora faz também uma breve apresentação da cidade do Rio de Janeiro em uma das situações da história e que, para quem não conhece o Rio, passa a conhecer também este pedaço. Algo diferente, mas totalmente condizente com a louca da Angelina. Uma mulher de negócios e dona da sua razão! Não preciso nem dizer o quanto a química entre eles é fantástica, afinal, nenhum dos dois nega fogo! Eu já disse que Angelina não é nada convencional? Ah, sim! Eu disse... Então, até na hora em que está fragilizada e amedrontada ela consegue se superar. No primeiro momento a explosão, mas depois, a atitude dela é exatamente aquela que a gente espera, a mulher vira uma onça e bota pra quebrar. Adorei a cena em que ela desmonta seu algoz!

Como se não bastasse, Angelina ainda tem que lidar com a possibilidade de uma doença genética de degenerativa, assim como sua mãe. Mais um ponto para a autora que trouxe um tema que eu jamais tinha visto ou imaginado e ela foi bem explicativa no assunto. Muito bem construído. Como eu digo, a Bya tem se superado a cada novo capítulo escrito.

Uma leitura mais que recomendada!

Parabéns Bya por mais este sucesso campeão de vendas!




0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!