15 de janeiro de 2015

LIVRO - DOMINADOS - MILA WANDER


Dominados - Mila Wander

Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios.

Henrique Farias também.
Laura Diniz é uma dominatrix fatal.
Henrique Farias é um dominador intenso.
O jogo de poder e sedução só está começando...


NOTA SOBRE O LIVRO: Hummmmmmmmmmmm tenho tanta coisa para falar e ao mesmo tempo não encontro as palavras ideais e adequadas. Não tenho o dom da Diva Mila, mas algo aqui dentro de mim muda sempre que leio seus livros. 

Com esse livro comecei a pensar que sou uma quase submissa (Oras, se o Henrique Farias quiser me submeter, rá... eu deixo)... Digamos que eu goste desse estilo "pegada com jeito", mas o lado BDSM não me encanta muito.... maaaaaaaaaaaaaaaaaaas deixa eu parar com esse papo e me concentrar no livro!

A Laura não possui nada de ingênua e de delicada. Aliás, ela é um furação (bem que dizem que todo furacão é do sexo feminino, pois leva sempre nome de mulher... quem foi o maldito que inventou essa piadinha infame?). Então, Laura não é nada delicada, não é nada modesta e não é nada sutil. Ela não leva desaforo pra casa, então, se você espera que nesse papo de "Dominados" você vai encontrar uma mocinha angelical, você está completamente enganada ou enganado (e recomendo que os homens leiam também esse tipo de romance erótico, pois assim eles podem aprender um pouco mais como apimentar uma relação... ;-) .

"Meio-dia. Estou morrendo de fome e o otário não para de me encher a paciência. Alguém deveria lhe dizer que não se inicia uma conversa perto do horário do almoço, principalmente com uma mulher faminta que odeia passar vontade. Se o que dissesse fosse ao menos útil talvez eu não estivesse fazendo uma careta grotesca."

Laura é extremamente transparente nos seus pensamentos. Ela não usa de sorrisinhos amarelos para se fazer ser querida. Aliás, ela está pouco se importando com o que as pessoas pensam a seu respeito. Ela não faz a mínima questão de ser simpática com ninguém e expressa sempre o seu melhor olhar de desprezo.

Agora, no inicio eu mesma bufei várias vezes comigo mesma e pensava "Essa mulher é uma mala, ela é muito chata", mas, ao longo da história, a medida em que tudo vai se desenrolando, a gente consegue compreender que ela tem seus motivos. Aqui a Mila definitivamente mostra que não podemos julgar as pessoas por seus atos, por seus pensamentos ou por sua aparência. Só podemos tirar conclusões à medida em que as conhecemos.

Outro fato que eu considero como fundamental na história é a forma como a autora pontua a questão do preconceito. Gente, não adianta tentar tampar o sol com a peneira e dizer que não há preconceito, porque há, há e há.


Laura enfrenta todos os preconceitos. Ela é mulher e negra. Não adianta porque vivemos em uma sociedade machista e hipócrita em que a mulher é sempre marginalizada. A mulher é sempre vista como apenas um objeto sexual e de servidão. Sendo negra, mais ainda, porque infelizmente muitas pessoas julgam a capacidade de outra pelo sexo ou pela cor.

Adorei a passagem onde a autora cita a balela da "cota para os negros nas universidades". 

Não venha me dizer que QI está relacionado com a cor de uma pessoa. 

Além de ser uma história que procura mostrar a força e a garra de uma mulher que não abaixa a cabeça para ninguém, que demonstra claramente sua força de mulher guerreira, é uma história que te faz pensar nos absurdos da hipocrisia.

Henrique Fárias (Lindo de Morrer e Arrasa Corações) é o típico cara convencido, arrogante, prepotente e seguro de si. Ele é dominador e não admite que nada nem ninguém pise nele. O que mais me chamou atenção nele foi que mesmo com todo esse orgulho, essa empáfia, ele tenta de alguma forma sempre se aproximar de Laura. Ele sabe que são como gasolina e querosene juntos, mas não consegue evitar ficar longe dela.

Ao que parece, na personalidade do Henrique, nada veio de algum trauma demasiadamente conturbado. Henrique tem suas diferenças com um de seus irmãos e ainda não deixa de ter seu preconceito devido ao fato do irmão caçula ser gay. Realmente, mesmo sendo um sonho de consumo, ele tem muito que aprender e tudo indica que ambos, definitivamente, precisam muito ficar juntos e aprender um com o outro a se tornarem pessoas melhores. Aprenderem a conviver dentro dos seus limites, já que ao que parece nenhum dos dois será capaz de baixar a guarda demais.


E para concluir tudo isso, preciso dizer duas coisas:

1) Você não se arrependerá de comprar e ler e reler esta história...

2) Mila Wander, o que a gente faz com você e esse seu eterno dom de deixar a gente sem fala e com uma ressacada daquelas!!!????


Opção de Compra:

Aguarde o lançamento!

OBS: Se você está esperando uma história em que a mocinha é submissa, você está redondamente enganada(o). Laura Diniz é algo que podemos chamar de "Fogo num tanque de gasolina"


Em Janeiro/2015 o livro será lançado no formato impresso pela Editora Qualis e a capa oficial já está disponível!

Adicione o livro em sua Estante Skoob também!

Siga e curta a Fan Page Oficial da autora Mila Wander!

Livro lido em 04/05/2014 e agora aguardando ansiosamente pelo momento de tê-lo no formato impresso!

Atenção: O livro não está mais disponível no formato digital, pois por motivos contratuais teve que ser retirado do site da Amazon!

6 comentários:

♥ Mila Wander ♥ disse...

Ahhhhhh!!! Amei, Fernanda! Muito obrigada!!
E que bom que gostou de Dominados! Feliz aqui!!
Seu apoio é fundamental, mocinha!
OBRIGADA!
Beijos!

Eu Que Fiz disse...

Muito bom Fernanda Miola, devia ter um aviso bem grande SPOILER ALERT, mas fora isso, ficou ótimo, sem contar que a historia além de tudo aquilo que tu falou, ainda toca no ponto que eu considero crucial, que é o fato de duas pessoas complexas dispostas a fazer concessões em nome do amor. Super indico esse livro.:)

Fêr Miola disse...

Lea, coloquei o alerta... vê depois se ficou melhor... ;-)

Fêr Miola disse...

Mila, reconhecimento é o mínimo que nós podemos dedicar a vc... vc merece! ;-)
Bjusssssssss

lili disse...

Li e estou de ressaca pois não tenho mais o Henrrique Farias... Livro bom demais. A Mila quer matar a gente: primeiro o Caleb e agora o Henrique. OMG

Fêr Miola disse...

eu tb estou e ainda hj sendo niver do henry cavill pensei no henrique o dia todo...rs saudadeeeeeeeeeeeeeeeees

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA PUBLICAÇÃO!